Greca destaca alinhamento com Bolsonaro | Fábio Campana

Greca destaca alinhamento com Bolsonaro

O prefeito de Curitiba, Rafael Greca, segue em boa recuperação no Hospital Marcelino Champagnat, segundo informou a própria instituição médica em boletim divulgado neste domingo (6 de janeiro). Mesmo internado (deixou a UTI na última quinta-feira e agora está em recuperação num quarto), o governante permanece bastante ativo nas redes sociais. Ontem (5 de janeiro), por exemplo, destacou o alinhamento da Prefeitura de Curitiba com o Governo Federal, agora comandado por Jair Bolsonaro (PSL). As informações são do Bem Paraná.

A postagem do prefeito fez referência a um texto publicado na sexta-feira (4 de janeiro) pelo jornalista João Frey, blogueiro da Gazeta do Povo. No artigo, Frey comenta o “raríssimo” alinhamento político entre os governos municipal, estadual e federal, destacando que essa proximidade pode poupar “uma boa dose de problemas” aos curitibanos e paranaenses.

Na publicação feita em seu perfil pessoal no Facebook, Greca escreve:

“Se depender de mim já estou fazendo forças para avançarmos juntos com o nosso Governador Ratinho Júnior e com nosso Presidente Jair Bolsonaro. Vamos adiante, usar força política e inteligência para criarmos o Brasil que merecemos. Um País Livre, Inovador,Justo e Abençoado. Tô ligado nesta ideia. É nosso dever acolher as esperanças do povo e fazer o melhor, por todos. #VivaCuritiba #ParanáInovador#BrasilAcimaDeTudo #DeusAcimaDeTodos.”

Retorno para breve
Internado desde o dia 28 de dezembro, quando realizou uma cirurgia para a retirada de 30 centímetros do intestino delgado e correção de uma hérnia umbilical, o prefeito Rafael Greca, ao que tudo indica, está perto de voltar a dar expediente na Prefeitura. No boletim médico divulgado hoje, consta o seguinte:

“O prefeito Rafael Greca apresenta quadro estável de saúde e boa evolução do procedimento cirúrgico, de acordo com o boletim médico deste domingo (6/1) divulgado pela equipe do Hospital Marcelino Champagnat. Os exames de controle apresentam bons resultados. Greca está internado no hospital desde 28 de dezembro, quando passou por uma cirurgia.”

Num vídeo divulgado na última quinta-feira, quando foi transferido da UTI para o quarto do hospital, o prefeito comentou que continuava trabalhando mesmo enquanto internado e que esperava retornar à Prefeitura de Curitiba a partir de amanhã (07 de janeiro). Ainda não há informação, contudo, se isso será possível, já que Greca depende de liberação médica.

“Como veem estou de pé, plena saúde, infecção derrotada, agradeço a Deus que enviou a mão da equipe médica do Marcelino Champagnat. Eu já estou no quarto, continuarei a trabalhar aqui como trabalhei ontem na UTI e se Deus quiser na segunda-feira estarei na Prefeitura. Viva Curitiba! Me esperem, me aguardem, porque a energia está redobrada para servir Curitiba com alegria!”, disse o prefeito na ocasião.


3 comentários

  1. carlos
    segunda-feira, 7 de janeiro de 2019 – 10:58 hs

    OPORTUNISTA, como sempre! Ficou popular às custas de Jaime Lerner, depois se bandeou para os lados de Requião e, mais tarde, elegeu-se prefeito de Curitiba com o apoio logi$tico de Beto Richa. E agora está do lado de Bolsonaro. Impressionante!!!

  2. Dosel Jr.
    segunda-feira, 7 de janeiro de 2019 – 13:19 hs

    Você quer o quê carlos( no minúsculo como ele se apresenta)?
    Qualquer administrador de boa inteligencia busca sempre localizar onde estão as melhores oportunidades.Ele ficou popular por seus trabalhos em administrações anteriores, que por acaso foram destaques no governo Lerner.Como milhares de ´paranaenses ele entrou numa fria ao ficar ao lado do Requião.Beto Richa chegou a ter mais de 80% da preferência e ficar ao lado dele era uma questão de inteligência. Deu a volta por cima e hoje Curitiba está de cara nova. Quanto o fato dele estar ao lado do Bolsonaro, você acha que ele devia estar ao lado de quem??????
    Será que faltou algum esclarecimento?

  3. Apartidarismo
    segunda-feira, 7 de janeiro de 2019 – 20:55 hs

    Estar alinhado com o governador e presidente é obrigação do prefeito, pelo bem da cidade, independente do partido e, não mérito dele de se achar um “diplomata”. Agora, Curitiba continua uma bagunça, primeiro que não tem lixeiras no Centro da cidade e todos jogam lixo no chão, o que entope os bueiros. Não entendo, uma lixeira é tão barata! Será porque diminuíram os garis que limpavam as lixeiras. Também tem que voltar com urgência a Campanha Lixo que não é lixo porque a nova geração de Curitibanos, assim como quem vem de fora, não conhece a separação dos lixos. Quanto as ruas da cidade, a rua onde moro continua esburacada mas, eles fizeram asfalto em 50 metros da rua, por coincidências, bem na frente de uma mansão…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*