Governo expulsou 643 servidores por irregularidades em 2018 | Fábio Campana

Governo expulsou 643 servidores por irregularidades em 2018

O governo federal expulsou 643 servidores por irregularidades em 2018 – 516 funcionários foram demitidos, 89 tiveram a aposentadoria cassada e 38 foram retirados de cargos em comissão. O balanço foi divulgado pela Controladoria-Geral da União.
Os motivos foram variados, mas 65,8% dos casos têm relação com corrupção: improbidade administrativa, uso do cargo para obter vantagem pessoal, recebimento de propina e atos que geraram prejuízo ao patrimônio nacional. Outras situações como servidores que ocupavam cargos contra o previsto em lei, ou que abandonaram os cargos ou tiveram problemas com o cumprimento de horário, somaram 25%. O restante das das demissões estavam relacionadas a irregularidades como negligência e à participação em administração de entidades privadas, o que é proibido.
Segundo a CGU, o número registrado em 2018 foi o maior desde 2003, ano em que o levantamento começou a ser realizado.


2 comentários

  1. antonio carlos
    quarta-feira, 30 de janeiro de 2019 – 11:21 hs

    KKK estes mais de 160 servidores demitidos pelo não cumprimento do horário deviam fazê-lo há muito tempo, é gente que tem outra ocupação onde ganha mais.É professor ou médico, vi muito disto quando ainda trabalhava, gente que já entrava de marcha ré, pronta para sair.

  2. glorioso
    quarta-feira, 30 de janeiro de 2019 – 11:57 hs

    NA PMC ESTÁ CHEIO DE FUNCIONÁRIOS QUE NÃO CUMPREM HORÁRIO ( PRINCIPALMENTE NA SECRETARIA DE FINANÇAS) COM AVAL DA CHEFIA E NINGUÉM FAZ NADA, E ESTAMOS FALANDO DE SERVIDORES QUE GANHAM +/- R$ 10.000,00 MENSAIS.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*