Fux nega liberdade a Deonilson Roldo | Fábio Campana

Fux nega liberdade a Deonilson Roldo

da Gazeta do Povo

O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou um pedido de liberdade feito por Deonilson Roldo, ex-chefe de gabinete do ex-governador do Paraná, Beto Richa (PSDB). Roldo foi preso em 11 de setembro do ano passado no âmbito da Operação Piloto. Ele está detido no Complexo Médico Penal, em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba.

Roldo tentava uma “extensão” do benefício dado ao empresário Jorge Atherino, também alvo da Operação Piloto. Atherino deixou a prisão nesta quarta-feira (16), por uma decisão do ministro Dias Tofolli, assinada no último sábado (12).

Agora, a defesa de Roldo aguarda a análise de outro habeas corpus solicitado ao STF, e que também está nas mãos do ministro Luiz Fux.

Na Operação Piloto, Atherino e Roldo respondem por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Em troca de propina, eles teriam garantido a vitória da Odebrecht na licitação de uma obra na PR-323, de responsabilidade do governo do Paraná. Ambos negam os crimes.


2 comentários

  1. Larissa Adriana
    quinta-feira, 17 de janeiro de 2019 – 10:34 hs

    Roldo tem que abrir o bico pra sair da prisão ou que mofe lá este ladrão!

  2. Armando Pinto
    quinta-feira, 17 de janeiro de 2019 – 12:04 hs

    Não entendo, o cara entra no trabalho pra fazer esquema e roubar, só pra isto!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*