Frente criada para discutir mineração nunca se reuniu | Fábio Campana

Frente criada para discutir mineração nunca se reuniu

Depois do desastre de Mariana em 2015, as excelências de Brasília correram procurando holofotes para expressar indignação, solidariedade e providências.
226 deputados assinaram requerimento para a criação de uma frente parlamentar para discutir sobre o setor de mineração. O grupo foi criado. E será desfeito nos próximos dias por conta da mudança de mandato do Congresso. A tal frente parlamentar apareceu nas manchetes, mas nunca se reuniu.
Sérgio Souza, do MDB do Paraná, foi quem articulou o grupo e ao G1 justificou a falta de debates sobre o tema: “Não deu tempo de tocar (a frente parlamentar). Eu era presidente da frente parlamentar do setor sucroenergético, estava na diretoria da frente do biocombustível, na diretoria da frente do cooperativismo, na presidência da Comissão de Agricultura. E aí falei para o pessoal que eu não tinha condições de tocar, que não tinha tempo. Falei: ‘Vamos achar alguém que se interesse para tocar’. Mas aí, naquele momento, era eleição municipal. Depois, ficou para o ano seguinte e foi um período conturbado. No segundo ano, eu ainda estava na relatoria de CPI”.
Os deputados estão articulando criar nova frente sobre o assunto.

(Foto: Jonas Pereira/Agência Senado)


Um comentário

  1. terça-feira, 29 de janeiro de 2019 – 13:53 hs

    Bah,kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*