Flávio Bolsonaro vê fogo amigo | Fábio Campana

Flávio Bolsonaro vê fogo amigo

O senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) está convencido de que pessoas próximas ao presidente Jair Bolsonaro estariam empenhadas em colocar mais lenha na fogueira do caso Coaf. A aliados, Flávio se disse incomodado com as críticas de seu suplente Paulo Marinho (PSL-RJ) e do ministro da Secretaria-Geral, Gustavo Bebianno. Este último, que é advogado, teria considerado “erro jurídico” a estratégia da defesa de Flávio de recorrer ao Supremo para suspender as investigações em andamento contra seu ex-assessor Fabrício Queiroz. As informações são da Coluna do Estadão.

Flávio teria identificado as digitais de seu suplente na divulgação de informações contra ele. Desde a campanha, quando cedeu sua casa para o QG de Bolsonaro, Marinho estaria distante da família. Ele sequer participou da posse do presidente.

Segundo interlocutores, Flávio Bolsonaro chegou a conversar com o presidente sobre Marinho e Bebianno. Porém, resolveram colocar panos quentes na situação. Foi Bebianno quem apresentou Paulo Marinho a Bolsonaro.


4 comentários

  1. Douglas
    quinta-feira, 24 de janeiro de 2019 – 9:09 hs

    A extrema imprensa cria um pseudo-caso contra Flávio Bolsonaro, isso se chama Renan e Globo, acabou dim dim, chega de mamar nas tetas do governo, e essa disputa pelo Senado tem ajudado Renan, um dos que estão por trás desta perseguição! Descartem informações que venham da Globo, Veja, Folhs, Estadão e et caterva!

  2. quinta-feira, 24 de janeiro de 2019 – 10:10 hs

    NÃO ESQUENTA TCHÊ, QUEM FAZ TAIS CRITICAS SÃO SANGUESSUGAS QUE FICARAM SEM SANGUE PARA SACIAR,KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!

  3. Veredicto
    quinta-feira, 24 de janeiro de 2019 – 10:32 hs

    Pergunte para esta gente se sabem das denuncias que Palocci está fazendo na Justiça, jogando duro contra o sistema podre e corrupto que ele ajudou a funcionar? Estas noticias não estão na imprensa marrom, mas o filho do presidente está todos os dias e com destaque como forma de atingir o pai. Imprensa democrática? Esta gente não pode esquecer que os homens de verde estão em Brasília, não gostam de falsos brasileiros e não mostram que temem fuzis nas mãos de bandidos.

  4. Aprigio Fonseca
    quinta-feira, 24 de janeiro de 2019 – 14:36 hs

    O Idiota,ninguem da mais satisfação ao que o Palofhhiiiiiii diz,todos sabem que ele mente para se livrar da cadeia.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*