Em 2017: críticas ao foro privilegiado e ao ministro Fux | Fábio Campana

Em 2017: críticas ao foro privilegiado e ao ministro Fux

No vídeo, Jair Bolsonaro cita o ministro do STF “que está a serviço do PT” como responsável pelo inquérito que o acusava. O relator do inquérito 3932 movido contra Bolsonaro no caso da deputada Maria do Rosário curiosamente foi Luiz Fux.


3 comentários

  1. sexta-feira, 18 de janeiro de 2019 – 11:32 hs

    NO BRASIL SEMPRE FOI, E SEMPRE SERÁ ASSIM: QUANDO É NO MEU FIOFÓ, DÓI BEM MAIS NÉ?KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!

  2. CURITIBANO
    sexta-feira, 18 de janeiro de 2019 – 13:52 hs

    Acho que o MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL deve atuar dessa maneira em todas as Câmaras de Vereadores do país como nas Assembleias Legislativas Estaduais, Câmara Federal e Senado Federal pois assim seria JUSTO e sobrariam poucos ou nenhum inocente. E mais, o pedido de remessa ao STF não é fuga , o STF não é garantia de proteção para o Flavio, foi apenas pra retirar Ministério Público do RJ da jogada que pode estar agindo de modo a querer prejudicá-lo.

  3. CaLi
    sexta-feira, 18 de janeiro de 2019 – 15:42 hs

    Aceita que dói menos”
    Não estou vendo a valentia dos BolzoNicos na defesa religiosa do PresidontO.
    Kd a tchutma do “nois é diferente”??

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*