Eduardo Bolsonaro: Arma na mão do cidadão vai melhorar a segurança | Fábio Campana

Eduardo Bolsonaro: Arma na mão do cidadão vai melhorar a segurança

Eduardo Bolsonaro está com artilharia pesada contra quem discorda de seu projeto de armamento. Pelo Twitter, inaugurou o dia a falar que o “desarmamento do cidadão de bem e a aproximação com os criminosos através de pautas travestidas de direitos humanos sempre mostraram a quem o PT serve: aos bandidos”.
E depois tratou da política pública de segurança: “As armas servem para dar a possibilidade de LEGÍTIMA DEFESA ao cidadão que segue as leis (os bandidos já tem esse direito). A melhoria da segurança pública é um efeito secundário, que virá com o receio do criminoso de se deparar com uma vítima armada”.

(Foto: Adriano Machado/Reuters)


Um comentário

  1. VISIONÁRIO
    quarta-feira, 9 de janeiro de 2019 – 6:28 hs

    Não se pode banalizar ou incentivar o porte de armas. Já existem
    armas demais circulando pelo país e nada disso diminuiu a crimina-
    lidade. O trabalho do governo precisa ser através de outros focos.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*