Economia: um ministério e sete secretarias | Fábio Campana

Economia: um ministério e sete secretarias

O superministério da Economia sustentará os ex-ministérios da Fazenda, do Planejamento e da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, além de parte das funções do Trabalho.
Para gerenciar tudo isso, a Pasta terá sete secretarias especiais:
– Previdência e Trabalho será comandada pelo ex-deputado Rogério Marinho;
– Fazenda ficará com o economista Waldery Rodrigues Júnior;
– Desburocratização, Gestão e Governo Digital ficará sob responsabilidade de Paulo Uebel;
– Receita Federal será comandada pelo professor da Fundação Getúlio Vargas, Marcos Cintra;
– Desestatização e Desinvestimento ficará com o fundador e presidente do conselho da Localiza, Salim Mattar;
– Comércio Exterior e Assuntos Internacionais será conduzida pelo economista, cientista político e diplomata, Marcos Troyjo.
– Produtividade, Emprego e Competitividade ficará com o ex-diretor de Planejamento, Crédito e Tecnologia do BNDES Carlos da Costa.

(Foto: Rafael Carvalho/Governo de Brasília)


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*