Dilma aponta falhas do Gabinete de Segurança Institucional | Fábio Campana

Dilma aponta falhas do Gabinete de Segurança Institucional

Dilma Rousseff publicou nota para criticar as declarações feitas pelo chefe do GSI (Gabinete de Segurança Institucional), general Augusto Heleno. Em seu discurso de posse, o militar afirmou que o sistema de inteligência brasileiro foi “derretido” pela petista uma vez que a “senhora Rousseff não acreditava na inteligência“. Heleno criticou diretamente a ex-presidente. “Nossa missão é basicamente tratar da segurança e das viagens e cuidar do sistema de segurança brasileiro. Esse sistema foi recuperado pelo general Etchegoyen. Foi revertido pela senhora Rousseff, que não acreditava em inteligência”, declarou o general da reserva do Exército.
Dilma, por sua vez, afirmou que ao longo de seu mandato vivenciou “várias situações de manifesta ineficácia do GSI e do sistema de inteligência a ele articulado“. Entre elas, estão os grampos ilegais feitos em seu gabinete, no avião presidencial e na Petrobras pela agência de inteligência dos EUA, a NSA (National Security Agency), em 2013.
A ex-presidente também citou diversos fatos em que acredita ter ocorrido falhas: 

“De fato, durante meu mandato, tive várias situações de manifesta ineficácia do GSI e do sistema de inteligência a ele articulado. Houve falha, por exemplo, ao não detectar e impedir o grampo feito ilegalmente no meu gabinete, em março de 2016 – sem autorização do Supremo Tribunal Federal –, quando foi captado e divulgado meu diálogo com Luiz Inácio Lula da Silva, às vésperas dele ser nomeado para a Casa Civil“, escreveu.

Dilma ainda destaca que os setores de inteligência, além de não saber da espionagem, não souberam como bloquear o grampo ao descobrir o fato.

“Uma ‘inteligência’ ligada à Presidência da República que não tem conhecimento, capacidade e tecnologia para enfrentar a moderna espionagem cibernética não é crível. Aliás, a falha mais recente ocorreu no governo Temer, o que evidencia que tudo continua igual no setor de inteligência. Durante a campanha, quando o atual presidente, então candidato, foi alvo de atentado em Juiz de Fora, a ‘inteligência’ já supostamente reconstruída, desconhecia a ameaça e, portanto, não pode impedi-la“, afirmou.

As informações são do Poder 360.

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)


7 comentários

  1. NÃO VOTE EM QUEM JÁ FOI
    segunda-feira, 7 de janeiro de 2019 – 16:58 hs

    Não fale em inteligência com a anta atolada que vai dar zebra. É uma matéria que ela não domina.

  2. Veredito
    segunda-feira, 7 de janeiro de 2019 – 17:11 hs

    Duas observações que precisam ser feitas na fala da ex-presidenta:

    – Não foi ela quem redigiu este texto, pois seu linguajar não se dá ao luxo de passar em branco e não cometer um erro em cada cinco linhas.

    – Dizer que os EUA e a NASA fizeram escutas em seu governo beira ao ridículo, pois nada seria dito que fosse de interesse destas instituições,em especial a NASA. A não que os engenheiros desta agência espacial estivessem pensando em mandá-la para Marte como experiência.
    Dizer que não confiava no seu Serviço Secreto me parece estranho pois eles, os secretas do PT, pertenciam ao mesmo grupo intelectual que o dela.

  3. Wendel Stutz
    segunda-feira, 7 de janeiro de 2019 – 17:21 hs

    Besteira… A começar pelo atentado a Bolsonaro. A segurança dos candidatos é de responsabilidade da Polícia federal, e não do GSI. Se houve falha, e não creio que deva ser assim interpretado, porque a PF não é algum tipo de oráculo, não foi do GSI. Quanto ao grampo que flagrou a conversa de Lula com Dilma, ele estava instalado na linha telefônica do motorista de Lula. O que ela pensa? Que havia um transmissor em sua sala? Kkkk continua falando besteiras. Não creio que esteja em perfeitas condições de suas faculdades mentais.

  4. Luiz Sérgio Vieira
    segunda-feira, 7 de janeiro de 2019 – 23:59 hs

    Convenhamos, “inteligência” nunca foi o forte da ex-presidente, logo é natural q ela a descreditasse.

  5. Luiz Sérgio Vieira
    terça-feira, 8 de janeiro de 2019 – 0:01 hs

    qdo Dilma diz q não acredita na “inteligência”, está dizendo o óbvio. Afinal, ela não a tem.

  6. ROBERTO
    terça-feira, 8 de janeiro de 2019 – 9:12 hs

    MAS, o atentado bem sucedido, foi IMPERDOÁVEL. Houve falha primária, erraram feio, seja lá quem for: PF, GSI ou qualquer outra sigla paga com dinheiro público.

  7. MILITONTO MORTADELA
    terça-feira, 8 de janeiro de 2019 – 11:36 hs

    COMO É BOM LER A NOSSA PRESIDENTA INOCENTA CORAÇÃO VALENTA ELA MOSTRANDO AO MUNDO SIVILIZADO A PUJANÇA DA SUA GRANDE SABEDORIA E FALANDO SOBRE ASSUNTO QUE ELA DOMINA DE FORMA CABAL É TRISTE VER QUE NOSSO PAÍS HOJE CAIU NAS MÃOS DA DIREITA CONSERVADORA REACIONÁRIA MERCANTILISTA CAPITALISTA SUBMISSA AO GOVERNO DO PRESIDENTE NORTE AMERICANO DOS ESTADOS ZUNIDOS O TRUMP DOIDÃO E NOSSO GRANDE LÍDER O OMEM MAIS ZONESTO DAS GALÁQUISSIAS PRESO INJUSTAMENTE SEM PROVAS PORQUE O TIPLEX NÃO ERA DELE MAS O QUE EU TENHO CERTEZA É QUE NÃO VAI TER GOUPE!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*