Democracia ditatorial | Fábio Campana

Democracia ditatorial

Gleisi Hoffmann: “Porque o PT defende, como é próprio da melhor história diplomática de nosso país, o princípio inalienável da autodeterminação dos povos. Nossa Constituição se posiciona pela não-intervenção e a solução pacífica dos conflitos. Os governos liderados por nosso partido sempre foram protagonistas de mediações e negociações para buscar soluções pacíficas e marcadas pelo respeito à autonomia de todas as nações”.
Augusto Nunes: “Gleisi Hoffmann, presidente do PT, ao tentar justificar sua presença na posse de Nicolás Maduro, explicando que seu partido só reconhece a legitimidade de uma eleição quando o vitorioso teve o apoio do partido chefiado por um presidiário”.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*