Deltan sobre decisão de Fux: 'Não há como concordar' | Fábio Campana

Deltan sobre decisão de Fux: ‘Não há como concordar’

BR18

Coordenador da Força Tarefa da Lava Jato, Deltan Dallagnol usou suas redes sociais para discordar da decisão tomada pelo ministro Luiz Fux, que determinou a suspensão das investigações do Ministério Público do Rio sobre as movimentações financeiras atípicas de Fabrício Queiroz. O pedido foi feito pela defesa do senador eleito Flávio Bolsonaro, de quem Queiroz foi assessor.

“Com todo o respeito ao ministro Fux, não há como concordar com a decisão, que contraria o precedente do próprio STF. Tratando-se de fato prévio ao mandato, não há foro privilegiado perante o STF. É de se esperar que o ministro Marco Aurélio reverta a liminar”, escreveu.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*