Contador de Richa pediu que corretor mentisse em depoimento | Fábio Campana

Contador de Richa pediu que corretor mentisse em depoimento

Membros do Ministério Público afirmam que um dos motivos de prisão preventiva de Beto Richa e do contador da família, Dirceu Pupo Ferreira, se deve a tentativas de obstrução de Justiça, incluindo ameaças a testemunhas.
Segundo o MPF, a prisão é imprescindível em razão da recente tentativa comprovada de obstrução das investigações pelos envolvidos. Na apuração consta que, em agosto de 2018, Dirceu procurou um dos corretores que intermediaram a compra de imóveis, usada como forma de lavar dinheiro recebido, para que este mentisse em depoimento, caso fosse chamado a depor. O pedido foi para que ocultasse a existência de pagamentos em espécie não declarados.

(Foto: RPC/Reprodução)


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*