Cida Borghetti é a nova embaixadora da Organização Mundial da Família | Fábio Campana

Cida Borghetti é a nova embaixadora da Organização Mundial da Família

A ex-governadora do Paraná, Cida Borghetti. foi designada como embaixadora mundial da Organização Mundial da Família (OMF). A oficialização do título foi entregue nesta segunda-feira (28) pela presidente mundial da OMF, Deisi Noeli Webber Kusztra, em Curitiba. Cida foi indicada e aprovada por unanimidade de votos em assembleia geral da organização em Genebra, na Suíça.

A Organização Mundial da Família faz parte do conselho consultivo da Organização das Nações Unidas (ONU). É responsável por representar e defender os interesses das famílias do mundo, criando politicas públicas de desenvolvimento e proteção social como erradicação da pobreza, educação, saúdem combate à discriminação e à violência doméstica.

De acordo com a presidente da OMF, Cida foi escolhida principalmente por sua experiência e projetos nas áreas de primeira infância,prevenção à saúde e direitos das mulheres. “Cida Borghetti tem conhecimento teórico e prático para nos auxiliar em ações voltadas ao desenvolvimento das famílias, em especial, nas áreas de primeira infância e saúde preventiva. Seus projetos são referência internacional de cuidado, atenção e responsabilidade com o próximo”, disse Deisi Kusztra.

No novo papel voluntário, a embaixadora afirma que auxiliará na construção de políticas públicas para a área. “Estou muito honrada de fazer parte desta organização que tem 70 anos de atuação no mundo todo. Uma missão que recebo com muita disposição em ajudar quem mais precisa”, afirmou Cida.

ESPECIALISTA – Cida Borghetti é reconhecida mundialmente como uma das maiores especialistas em primeira infância. Na Câmara Federal presidiu a comissão que aprovou por unanimidade o Marco Legal da Primeira Infância, legislação mais avançada no mundo em atenção às crianças de zero a seis anos e que serviu de base para o programa Criança Feliz do Governo Federal.

Cida também é a autora da lei estadual que instituiu o Dia de Luta Contra o Câncer de Mama no Paraná, mesma lei que serviu de referência para a criação do dia nacional de conscientização contra o câncer de mama.

No Governo do Paraná criou o programa de construção do condomínio do idoso, ampliou as Patrulhas Maria da Penha e o botão do pânico para mulheres vítimas de violência, aumentou o repasse de recursos e o apoio administrativo às APAE´s entre outras ações.


5 comentários

  1. coxa branca
    segunda-feira, 28 de janeiro de 2019 – 22:51 hs

    Sem dúvida, pelo vasto currículo apresentado acima, a Cida Borghetti é a pessoa mais preparada do mundo para ocupar essa posição. O resto é intriga da oposição. Pronto, falei!

  2. Rr
    terça-feira, 29 de janeiro de 2019 – 9:13 hs

    Desempregado,só fica o trabalhador,essa turma sempre arruma uma boquinha às custas do povão.

  3. Denise Albacoa
    terça-feira, 29 de janeiro de 2019 – 12:39 hs

    Mentira ,ela nao se importa com nada e ninguem .
    Exonerou servidora gravida sem do nem piedade.

  4. Denise Albacoa
    terça-feira, 29 de janeiro de 2019 – 12:40 hs

    Mentira ,ela nao se importa com nada e ninguem .
    Exonerou servidora gravida sem do nem piedade.
    Sequer se importa , que falsidade!

  5. terça-feira, 29 de janeiro de 2019 – 13:46 hs

    Bah,kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*