Brasil e mais 12 países não reconhecerão novo mandato de Maduro | Fábio Campana

Brasil e mais 12 países não reconhecerão novo mandato de Maduro

O Antagonista

Brasil, Peru, Argentina, Canadá, Colômbia, Costa Rica, Chile, Guatemala, Guiana, Honduras, México, Panamá e Paraguai decidiram hoje que não vão reconhecer o governo da Venezuela se Nicolás Maduro assumir um novo mandato em 10 de janeiro.

Este mandato não resulta de uma eleição legítima”, disse à TV Globo o novo chanceler brasileiro Ernesto Araújo, que participou da reunião do grupo em Lima — o México do esquedista Andrés Manuel López Obrador se recusou a assinar.

“Espero que o Maduro examine sua consciência e veja que é uma oportunidade que ele tem de deixar o poder com um mínimo de dignidade, talvez, se é que ainda existe, e que pare o sofrimento do povo venezuelano que está sendo oprimido por uma ditadura”, acrescentou.


3 comentários

  1. JÁ ERA...
    sábado, 5 de janeiro de 2019 – 5:02 hs

    O país mais decadente e cruel que está bem perto do nosso país
    foi o maior aliado da PTzada. Se Cuba já era péssimo, Venezuela
    é sem dúvida alguma a maior ditadura que um governo poderia im-
    por à esta população já miserável. Maduro deve ser retirada à força
    já !!!

  2. antonio carlos
    sábado, 5 de janeiro de 2019 – 14:24 hs

    Mas seria um absurdo que alguém que faz parte do Foro de São Paulo assine qualquer tipo de documento ou declaração condenando o ditador venezuelano. O Lopez Obrador é socialista desde o primeiro gemido.

  3. JÁ ERA...
    domingo, 6 de janeiro de 2019 – 8:20 hs

    Maduro… consciencia !? Este é o maior ditador que ainda perma-
    nece de pé. Imagina se Lula e sua caterva tivesse ganho a Presiden-
    cia do nosso país !?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*