Battisti: 'Lula sabia que eu não era um monstro' | Fábio Campana

Battisti: ‘Lula sabia que eu não era um monstro’

“Em 2004, me vi obrigado a abandonar minha família e fugir ao Brasil, onde continuei minha profissão, publicando cinco livros, constituindo uma família, da qual tenho um filho de nome Raul, que atualmente tem cinco anos. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, depois de ter a certeza de que minha pessoa não era aquele monstro que o governo italiano tentava construir, com um pedido de extradição absurdo, me concedeu residência permanente no ano de 2010”.
Cesare Battisti, em carta encaminhada ao governo da Bolívia, pedindo asilo no final do ano passado.

(Foto: Miguel Schincariol/AFP)


8 comentários

  1. Zabra Q Tize
    segunda-feira, 14 de janeiro de 2019 – 12:06 hs

    Esse caso Battisti piorou ainda mais a imagem lamentável que as instituições brasileiras têm ao redor do mundo. Um monte de trapalhadas e macaquices fez o ridículo do Brasil no exterior. Depois de enganar as autoridades e fugir debaixo das barbas da polícia, desmoralizou a justiça brasileira ao ser expulso direto para a Itália, dando pernaquia para as exigências do STF para a extradição. Os italianos sabiam que se o terrorista voltasse para o Brasil o circo recomeçaria de novo. Arrivederci, Brasile.

  2. LUIZ DO LITORAL
    segunda-feira, 14 de janeiro de 2019 – 13:10 hs

    LULA ESTA PRESO SEU MALDITO.

  3. esdras
    segunda-feira, 14 de janeiro de 2019 – 14:14 hs

    O Lula ta preso Babaca!!

  4. antonio carlos
    segunda-feira, 14 de janeiro de 2019 – 16:18 hs

    Infelizmente quando o terrorista, assassino de quatro pessoas foi julgado na Itália o 51 não era presidente lá. E sabendo da própria boca do terrorista que ele era inocente não o teria condenado. A coincidência entre o 51 e o terrorista-assassino é que ambos estão puxando cana e, por bastante tempo

  5. Veredito
    segunda-feira, 14 de janeiro de 2019 – 16:26 hs

    Este homem do bem que o PT de lula e gleisi(agora será só no minusculo)tanto defendiam após cometer os quatro crimes fugiu deixando sua família na Itália sabe-se lá de que jeito. No Brasil, com a proteção de Lula, casou, fez filho e era tratado como fugitivo político. Agora vai apodrecer numa cela fria da Itália onde, esperamos, nem sua família que abandonou, vai visitá-lo. Vamos até lá Gleisi, que sabe você faz uma visita intima para ele e se dá bem…

  6. Controverso
    segunda-feira, 14 de janeiro de 2019 – 18:23 hs

    Realmente o embloglio de um presidente negar a extradição e outro conceder dá uma sensação de insegurança jurídica..

  7. Juca
    terça-feira, 15 de janeiro de 2019 – 8:11 hs

    Veredito, esqueceu do Tarso Genro, aquele gaúcho de merda?

  8. QUESTIONADOR
    terça-feira, 15 de janeiro de 2019 – 11:03 hs

    -Batistti e Lula: Tudo à ver!!!
    -É tudo da mesma laia…bando de vagabundos, bandidos!!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*