Bandidos em pânico | Fábio Campana

Bandidos em pânico

João Pedro Stédile: “Os latifundiários moram nas cidades e vão armar seus capatazes e pistoleiros no interior. Muitos empregados das fazendas já andam armados ilegalmente. O problema no interior é o contrabando, o roubo de agrotóxicos e de gado. Legalizar o uso de armas, não resolve o problema”.
Augusto Nunes: “João Pedro Stédile, líder do MST, no Twitter, exigindo que os fazendeiros assistam aos ataques do exército de invasores de terras sem armas nas mãos, o que lhes permitiria usá-las para aplaudir os assassinatos do direito de propriedade”.


4 comentários

  1. Neno
    sexta-feira, 18 de janeiro de 2019 – 19:25 hs

    Esse chimbeh não era o homem coragem da invasão de terras?? agora começou se cagar. Requião pode dar uma forcinha, agora que vai entrar no ócio, já que são parceiros.

  2. Larry de Camargo Vianna Nascim
    sábado, 19 de janeiro de 2019 – 1:45 hs

    Este é vagabundo. Safado
    Acabou a moleza vadio.

  3. antonio carlos
    sábado, 19 de janeiro de 2019 – 17:34 hs

    Então me diga ai, o que é que resolve? Desarmar os bandidos ? Boa solução você não acha? Se tivesse propriedade rural também trataria de ter uma arma longa, porque bandido só respeita gente também armada. Ninguém gosta de levar tiro a toa

  4. JÁ ERA...
    domingo, 20 de janeiro de 2019 – 7:29 hs

    As invasões e depredações de terras particulares e patrimonios
    de pesquisas do governo anterior foram vistas por eles como natu-
    rais e sem culpa. Eu sempre esperei por este dia onde independen-
    te da legalização do porte de armas, todos os invasores fossem fu-
    zilados e a eles mostrados que invasão é crime independente do es-
    tado de calamidade que se encontra o país. Mesmo assim o governo
    do PT ignorou o direito de propriedade particular e fez vistas grossas
    até incentivando as invasões. Hoje o Stedile e sua turma precisam
    continuar invadindo e mostrando se é “macho” de verdade ou “ex
    protegido do PT”. Vão parar a um palmo do chão, ou seja a um km
    de profundidade para que nunca ressuscitem !!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*