A reforma dos militares | Fábio Campana

A reforma dos militares

Em entrevista à Rádio Gaúcha, o general Hamilton Mourão afirmou que o tempo mínimo de serviço para aposentadoria de militares deve ser ampliado: “A questão dos 30 anos do serviço ativo, eu acho que irá mudar. Acho que vai aumentar. Tendo em vista que fiquei 46 anos no Exército, eu também concordo que não é bem visto para com a sociedade alguém que se aposenta com 44 anos de idade”.

(Foto: EPA/Reprodução)


2 comentários

  1. antonio carlos
    segunda-feira, 21 de janeiro de 2019 – 18:39 hs

    O vice-presidente dá uma excelente bola dentro com este tipo de declaração, realmente fica difícil de entender que uma pessoa trabalhe tão pouco tempo para se aposentar. Mesmo exercendo uma atividade tão específica como a de militar fica difícil entender como o cara se retira tão precocemente

  2. QUESTIONADOR
    terça-feira, 22 de janeiro de 2019 – 16:11 hs

    -A idade para a aposentadoria dos militares deveria ser a mesma dos demais do INSS…
    -Alías..acho que deveria ser dividida a Previdências entre três categorias: civis(vala comum para todos), outra para militares e outra para funcionários públicos(judiciário e legislativo). Cada grupo seria responsável pela sua aposentadoria sem interferir nos demais grupos.
    -Militar contribuiria para o fundo militar…civis para o fundo civil e juízes, promotores, desembargadores e políticos para o deles!!!
    -Oficializamos o que acontece de praxe e na cara do povo. Cidadãos de primeira grandeza(políticos, juízes, ministros, governadores, promotores e desembargadores), cidadãos de segunda grandeza(militares) e cidadãos de terceira grandeza(nós o povão mesmo)…cada qual que mantenha sua aposentaria e contribua para ela!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*