A hora e a vez das autarquias | Fábio Campana

A hora e a vez das autarquias

Após reduzir de 28 para 15 o número de secretarias, o governo do Paraná está organizando a modernização das autarquias estaduais. Em entrevista à Rádio Paiquerê, de Londrina, Ratinho Junior disse que o compromisso de sua gestão, assumido ainda em campanha, é modernizar a máquina pública e reduzir as despesas do governo.
O governador garantiu que as estruturas não serão extintas, mas haverá a fusão de autarquias correspondentes, como o Instituto de Terras, Cartografia e Geologia do Paraná (ITCG) e o Instituto das Águas do Paraná, que pertencem à Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos.
O mesmo acontecerá com alguns órgãos da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento, como o Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), o Instituto Agronômico do Paraná (Iapar), a Companhia de Desenvolvimento Agropecuário do Paraná (Codapar) e o Centro Paranaense de Referência em Agroecologia (CPRA). Ele salientou que as estruturas serão remodeladas, com a diminuição no número de diretorias, que não vai impactar no atendimento ao produtor rural.
Todas essas ações estão baseadas em estudo encomendado pela atual gestão à Fundação Dom Cabral, que contou com o apoio do G7, que representa o setor produtivo paranaense, e da Itaipu.

(Foto: Rodrigo Félix Leal/AEN)


6 comentários

  1. ODORICO DO IVAI
    terça-feira, 8 de janeiro de 2019 – 9:50 hs

    Parabéns Governador, tem enxugar mesmo esses orgãos publico, que estão lotados de cargos comissionados e politcos, prejudicando o funcionamernto da maquina publica, bem como, colocar os funcionarios publico a executar suas funções com eficiencias e bom atendimento aos usuarios.

  2. CLOVIS PENA -cabrito na horta!
    terça-feira, 8 de janeiro de 2019 – 10:27 hs

    É bem provável que alguns oportunistas queiram avançar mais do que já fizeram e controlar atividades de setores que deveriam fiscaliza-los em nome dos consumidores e de toda a população. Olho neles !!!

    Se o governo tem dificuldades financeiras para contratar e ou pagar melhor seus servidores, isto não justifica delegar sem critérios. Ou seja colocar os cabritos para cuidar da horta……

  3. EU
    terça-feira, 8 de janeiro de 2019 – 11:15 hs

    E o desmanche continuará.
    Determinadas autarquias não servem para muita coisa, mas outras são fundamentais
    Alguém já explicou para o camundongo, por exemplo, qual é a atribuição legal do AGUASPARANÁ?
    Alguém tem que explicar pois o rato júnior não sabe!

  4. Marcos Souza
    terça-feira, 8 de janeiro de 2019 – 13:55 hs

    resposta para o EU, é notório que o Governador Carlos Massa Ratinho Júnior, sabe a importância e às atribuições de cada órgão, entidade ou autarquia, Águas do Paraná está sendo incorporada, mas sem perder a importância, pelo contrário, a intenção da nova gestão é sim, dar celeridade aos departamentos, eficácia aos servidos públicos e naturalmente, enxugar a máquina, chega de cabides de empregos! compreendeu EU?

  5. Eu
    terça-feira, 8 de janeiro de 2019 – 15:32 hs

    Presumo que a pessoa que me respondeu saiba a atribuição legal do AGUASPARANÁ.
    Se sabe, qual é?
    Se sabe, favor informar ao seu chefe.
    Se não sabe, é bom se informar e informar ao seu chefe.
    Compreendeu?

  6. antonio carlos
    terça-feira, 8 de janeiro de 2019 – 15:56 hs

    KKK o desespero deve estar batendo no povo destas autarquias, chefias e mordomias com que este povo estava acostumado deixando de existir. Sei bem como este povo está se sentindo, trabalhei no Estado durante anos e vi este filme passar muitas vezes, gente rindo e outras chorando, chorando a ponto de adoecerem. Parabéns governador, o Estado ainda tem muito cueca de seda precisando levar aquele pontapé na bunda

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*