Italiano Cesare Battisti é preso na Bolívia | Fábio Campana

Italiano Cesare Battisti é preso na Bolívia

O italiano Cesare Battisti foi preso na noite de sábado (12) em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia. A prisão foi feita pela polícia boliviana. A informação foi confirmada pela Polícia Federal do Brasil. Ainda não foram dados detalhes sobre a prisão, nem sobre os próximos passos da extradição do italiano. As informações são de Camila Bomfim na TV Globo.

Battisti era considerado foragido desde o último dia 14 de dezembro, quando o então presidente Michel Temer assinou o decreto de extradição do italiano.

O italiano teve a prisão determinada pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF) em 13 de dezembro.

Cesare Battisti foi condenado à prisão perpétua em 1993 sob a acusação de ter cometido quatro assassinatos na Itália nos anos 1970.

Fuga da Itália e prisão no Rio

Ele fugiu da Itália, viveu na França e chegou ao Brasil em 2004. Ele foi preso no Rio de Janeiro em março de 2007 e, dois anos depois, o então ministro da Justiça, Tarso Genro, concedeu refúgio.

Em 2007, a Itália pediu a extradição dele e, no fim de 2009, o STF julgou o pedido procedente, mas deixou a palavra final ao presidente da República. Na época, o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva negou a extradição.

No passado, o governo italiano pediu ao presidente Michel Temer que o Brasil revisasse a decisão sobre Battisti, e no mês passado a Procuradoria-Geral da República (PGR) pediu ao Supremo que desse prioridade ao julgamento que poderia resultar na extradição.

Battisti nega envolvimento com os homicídios e se diz vítima de perseguição política.


10 comentários

  1. antonio carlos
    domingo, 13 de janeiro de 2019 – 11:41 hs

    Este cara estava tão acostumado em se sentir acima da lei que nem se disfarçou direito. É prova da arrogância de que todo esquerdopata sofr, tem certeza de que está acima da lei e dos outros. Se o cara queria mesmo fugir e ficar impune porque não foi para La Paz e ficou na fronteira? Porque é um arrogante boçal. Ou já foi avisado pelo governo de que não volta para casa nunca mais.

  2. Zabra Q Tize
    domingo, 13 de janeiro de 2019 – 12:03 hs

    O patife terrorista vai ter o que merece. Assassino monstruoso.

  3. domingo, 13 de janeiro de 2019 – 14:49 hs

    SÍFÚ,KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!

  4. Vitor
    domingo, 13 de janeiro de 2019 – 18:35 hs

    Manda o anão de maquete junto…tarso genro!

  5. Larry de Camargo Vianna Nascim
    domingo, 13 de janeiro de 2019 – 18:54 hs

    Manfem o Luls e a sua amante juntos

  6. Gustavo Reis
    domingo, 13 de janeiro de 2019 – 20:15 hs

    A Itália mandou o cara direto da Bolívia com medo de passar no Brasil e a caterva do STF soltar o bandido.

  7. johan
    domingo, 13 de janeiro de 2019 – 20:58 hs

    Caro Fábio, a grande maioria dos comunistas tucanos petistas são prepotentes e entendem-se acima da lei. Vejamos os casos dos brasileiros que não reconhecem as condenções de seus lideres como ladrões e desviadores de recursos, mesmo o judiciário já estar repatriando os valores expropriados. Esse italiano ficou tanto tempo com os parceiros, que assumiu a sua superioridade. Dançou. Atenciosamente..

  8. Intruso
    segunda-feira, 14 de janeiro de 2019 – 0:56 hs

    Foi julgado e condenado no país q já foi considerado berço de OCs, muito complicado.. Se realmente é culpado deve pagar. Mas se está tendo q assumir delitos cometidos por outros, isso é muito complicado..

  9. FUI !!!
    segunda-feira, 14 de janeiro de 2019 – 5:51 hs

    Este é o tipo de monstro que o Lula criou no colo. Assassino de
    marca maior que o Lula preferiu dar vida mole por aqui. Deveria
    ser extraditado juntamente com o sapo barbudo.

  10. jose silva
    segunda-feira, 14 de janeiro de 2019 – 11:17 hs

    Peloamordedeus italianada …ve se nao deixa fugir de novo !!!!
    Incompetentes !!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*