O saldão de fim de ano de Temer. | Fábio Campana

O saldão de fim de ano de Temer.

A nomeação de André Moura para uma diretoria na Anvisa, cargo com mandato de três anos, mostra a pressa de Michel Temer em premiar os apoiadores leais no apagar das luzes de seu mandato, diz Vera Magalhães.
Com a prática, Temer, que gosta de posar de estadista desinteressado em política – o que lhe permitiria até encarar alta impopularidade para implementar medidas duras, segundo sua narrativa – se iguala a antecessores como Lula, que também tratou de ajeitar a vida de aliados usando as agências reguladoras como brinde de fim de governo.
Ainda vem mais por aí no saldão de fim de ano de Temer.

(Foto: Adriano Machado/Reuters)


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*