Não reeleito vai comandar Bolsa Família de Bolsonaro | Fábio Campana

Não reeleito vai comandar Bolsa Família de Bolsonaro

O líder da maioria na Câmara, Lelo Coimbra (MDB-ES), que não conseguiu se reeleger, será o secretário responsável por tocar o Bolsa Família na gestão de Jair Bolsonaro. O anúncio foi feito ontem pelo futuro ministro da Cidadania, seu correligionário Osmar Terra (RS).
A promessa de campanha de Bolsonaro para área foi de criar o 13º salário para os beneficiários do programa e o “super Bolsa Família”, que é unificar benefícios pagos hoje separadamente pelo governo em um único.

(Foto: Lucio Bernardo Jr./Câmara dos Deputados)


Um comentário

  1. sexta-feira, 21 de dezembro de 2018 – 23:04 hs

    Já estão criando o Bolsa-Boquinha no governo.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*