Lava Jato quer limitar acesso de Haddad a Lula | Fábio Campana

Lava Jato quer limitar acesso de Haddad a Lula

O procurador regional Januário Paludo, da força-tarefa do MPF, escreveu para Justiça Federal a pedir que Fernando Haddad visite na Lula na prisão apenas na condição de amigo, não mais como advogado.
Haddad foi listado como integrante do grupo de defesa de Lula em julho, uma estratégia do partido para garantir visitas a qualquer dia da semana. Mas naquele momento, apesar do texto de inclusão de Haddad dizer que ele poderia continuar como advogado mesmo depois das eleições, havia a justificativa de que o objetivo era de “assegurar os direitos do outorgante [Lula] na condição de pré-candidato a presidente da República” e foi nisso que o Ministério Público se focou para pedir a exclusão de Haddad da defesa.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*