Guto Silva anuncia exoneração de comissionados e revisão de contratos | Fábio Campana

Guto Silva anuncia exoneração de comissionados e revisão de contratos

da Banda B

Nomeado como chefe da Casa Civil de Ratinho Júnior, o deputado Guto Silva anunciou nesta quinta-feira (27) que os contratos de alto valor do governo Cida Borghetti serão revisados a partir do dia 2 de janeiro. A publicação foi feita pelo novo secretário na rede social Instagram.

Entre os contratos que serão revisados, segundo Guto Silva, estão o da dragagem para os portos e o dos sistemas de informática. Outras preocupações do novo governo estariam no decreto de promoção de 1,4 mil praças da Polícia Militar e na convocação de 55 aprovados em processo seletivo da E-Paraná. Por fim, o secretário ainda anunciou a exoneração de todos os funcionários que ocupam cargos de comissão no Estado. O governo Cida havia justamente deixado essa decisão para Ratinho tomar.

Confira a postagem do chefe da Casa Civil na íntegra:

“Para necessária organização ao novo governo, todos os funcionários que ocupam cargos em comissão serão exonerados dia 2 de janeiro. Com transparência e buscando o máximo de Economia – sem abrir mão da eficiência dos serviços para população – também iremos revisar todos os contratos de alto valor como, por exemplo, dragagem para os portos e de sistemas de informática.”.


12 comentários

  1. antonio
    quinta-feira, 27 de dezembro de 2018 – 22:14 hs

    Os nomeados em CCs foram nomeados pelo atual governo e assim, saindo do poder, os Comissionados estão exonerados quase de ofício.Nenhuma novidade.

  2. Oreia Seca
    sexta-feira, 28 de dezembro de 2018 – 7:55 hs

    Vamos aguardar o número de Comissionados que serão nomeados após a exoneração! Interessante também seria publicar o valor pago atualmente aos “ungidos” e o valor a ser pago aos próximos “ ungidos “. Afinal , o dinheiro vem dos nossos impostos.

  3. Jura
    sexta-feira, 28 de dezembro de 2018 – 8:04 hs

    E vai manter integrantes da gestão anterior na CELEPAR?

  4. Elio Ventura
    sexta-feira, 28 de dezembro de 2018 – 8:18 hs

    Começando bem! Será um novo jeito de administrar, visando o bem comum e não particularidades!

  5. Ana Maria
    sexta-feira, 28 de dezembro de 2018 – 10:41 hs

    Existem comissionados competentes em sua área de atuação, mais produtivos que muitos servidores de carreira. E que podem ser demitidos, sumariamente, sem nenhum custo extra para o governo. Isso é bom para a administração do governo. No entanto, esta demissão “geral e irrestrita”, misturada com uma auditoria em contratos suspeitos é reação justificável às mutretas que a CIDA está fazendo nos últimos dias do governo. Se deixar, ela raspa o cofre!

  6. sexta-feira, 28 de dezembro de 2018 – 11:10 hs

    SÓ PARA DESOCUPAR VAGAS PARA OS CHEGADOS???KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!

  7. Sidney
    sexta-feira, 28 de dezembro de 2018 – 12:33 hs

    Caro Deputado, vcs tem que trocar todos cargos comissionados. Ta tudo viciado, tb na policia civil tem que fazer dancar dançar as cadeiras inclusive nas regionais. Isto se vcs forem machos mesmos

  8. sexta-feira, 28 de dezembro de 2018 – 13:05 hs

    Gostaria de dizer este Jura que faz questionamento da Celepar não sou eu, atual Diretor de Desenvolvimento. Abs

  9. Vergonhoso
    sexta-feira, 28 de dezembro de 2018 – 13:49 hs

    Tem que tirar aquele que detonou o Ratinho na Celepar. Acho que é Giovani. Um cara de pau.

  10. CLOVIS PENA -
    sexta-feira, 28 de dezembro de 2018 – 14:25 hs

    “Necessária organização do governo”…………

    Posso afirmar, que se não resolver esta situação nos primeiros 60 dias a tal reforma ou reorganização não passará de um sonho de verão.
    Quero ver, por exemplo, a efetiva implantação e funcionamento dos “núcleos regionais de governo” .
    Vide 1975 com Canet e Belmiro.
    Eu estava lá.
    Depois falo mais.

  11. sexta-feira, 28 de dezembro de 2018 – 16:35 hs

    Favor publicar que a pessoa de codinome JURA não é José Juracy Macedo – Diretor de Desenvolvimento da Celepar atual.

    Obrigado

  12. Paulo Cesar
    sexta-feira, 28 de dezembro de 2018 – 17:29 hs

    Se for revisar mesmo os contratos feitos pela Cida, vai ter muita bomba pra estourar, principalmente na comunicação.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*