Embaixador francês ironiza Bolsonaro | Fábio Campana

Embaixador francês ironiza Bolsonaro

Bolsonaro foi às redes para falar da política francesa. Disse que a situação da França é “insuportável” diante da presença de imigrantes para explicar o motivo para não aderir ao Pacto da ONU para a Migração.
Gérard Araud* não gostou e mandou um recadinho cheio de ironia: “63.880 homicídios no Brasil em 2017, 825 na França. Sem comentários”.
As relações de Jair Bolsonaro com o governo francês pioram a cada dia. Macron já se indispôs com o futuro presidente e até a líder da extrema direita francesa, Marine Le Pen, declarou que Bolsonaro diz “coisas desagradáveis que são intransponíveis na França”.

*Gérard Araud ocupa um dos cargos mais importantes da chancelaria francesa desde 2014, é embaixador francês nos Estados Unidos. Antes disso, foi embaixador da França na ONU, outro cargo de prestígio na carreira.


6 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    sexta-feira, 21 de dezembro de 2018 – 15:03 hs

    A França tem suas mazelas. Tem Pétain, o marechal herói da primeira guerra, mas, que aceitou bovinamente chefiar o nojento governo títere de Vichy na segunda guerra, jogando lama no seu passado. A covardia de Vichy ficará eternamente marcada pelo silêncio diante da remessa de centenas de milhares de judeus e outras minorias aos campos de concentração nazistas. Na França e em grande parte da Europa, hoje arrependida, ninguém pode atirar a primeira pedra.

  2. SERGIO SILVESTRE
    sexta-feira, 21 de dezembro de 2018 – 15:55 hs

    Esse debiloide eleito por 57 milhões de criaturas que incham aquela pesquisa mundial onde estamos entre os 5 países mais ignorantes do mundo,está na medida ,isso vai nos envergonhar tanto que tem leitor seu Campana que vai fugir para o Paraguai.

  3. Francildo
    sexta-feira, 21 de dezembro de 2018 – 15:59 hs

    Justamente por estes índices de criminalidade que Bolsonaro foi eleito aqui….e pela instabilidade na França ninguém mais quer o Mácron por lá…. França e falta de humildade, tudo a ver.

  4. Raphael
    sexta-feira, 21 de dezembro de 2018 – 16:36 hs

    kkkkkkkk até piada, a moral que os ‘governantes’ franceses estão, ironizar Bolsonaro é mais um passo de mostra que o Brasil está no caminho certo.

  5. sexta-feira, 21 de dezembro de 2018 – 17:26 hs

    Pois é SERGIO SILVESTRE, e aquele monte de retardado que ficam dando “bommm diaa prisidentii luulaa” não fazem parte dessa estatística?

  6. sábado, 22 de dezembro de 2018 – 8:25 hs

    Sergio Silvestre, a Ponte da Amizade é uma saída honrosa para quem Não quer ser Governado pelo Presidente de mais de 57 milhões de VOTOS! Arrivederci porque #LulaestáPRESO ainda… Antes de tudo: Na França não tem TORTURA: é Bala na Cabeça e c’est fini Terroriste. Cesare Battisti te espera na Bolívia, um bom destino…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*