Combate ao 'lixo marxista' | Fábio Campana

Combate ao ‘lixo marxista’

Sem explicar do que se trata o ‘marxismo’ ou o ‘lixo marxista’, Bolsonaro inaugurou o dia de hoje com publicação que fala sobre a educação brasileira e faz oposição entre as ideias de ‘cidadão’ e ‘militante político’.


2 comentários

  1. Gladiador
    segunda-feira, 31 de dezembro de 2018 – 15:54 hs

    Simples a explicação. Há 20 anos os professores, a mídia, as repartições públicas foram infectadas pela filosofia marxista cotidianamente, como ensinou aos canalhas e aproveitadores, Antônio Gramsci.

  2. Sicar
    quarta-feira, 9 de janeiro de 2019 – 11:12 hs

    Veja nos encontros naciobais do ministério público as teses que os participantes apresentam. O pt se alinhou e agradou aquele que poderia ser um grande obstáculo ao aparelhamento dos conselhos municipais e à comissão da “verdade”, estadual e nacional. A população ganhou confiança no MP com questões criminais e combate à corrupção, mas não percebeu que por outro lado isso foi “pano de fundo”. Na parte social, passou a determinar quais politicas públicas os prefeitos deviam seguir. Sob a desculpa de atuação pacífica, afastou dos olhos do judiciário as pretensões por meio de instrumentos legitimos, porém usados por ideais exclusivamente petista. Sempre homenagearam políticos do PT, como José Dirceu p. ex.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*