Campanha presidencial complicou finanças do PT | Fábio Campana

Campanha presidencial complicou finanças do PT

Gleisi Hoffmann, a presidente do PT, publicou no site do partido o profundo lamento pela situação atual das finanças do partido. Segundo o que diz a nota, a sigla chegou ao esgotamento dos recursos durante as campanhas de 2018, em especial a Presidencial, que teria deixado dívidas e causado impacto negativo nas finanças.
Ela diz que o partido “subsiste praticamente do Fundo Partidário” que teria sido insuficiente para a manutenção das atividades após o término das reservas mantidas pelo PT. Para a presidência, diante deste cenário, é necessária “a adoção de medidas para equilibrar as finanças, saudar as dívidas, manter as atividades partidárias e, assim, garantir a saúde financeira do partido”.
Gleisi sugere algumas medidas para ajudar nessa fase: suspender viagens e hospedagens de dirigentes e funcionários durante dezembro e janeiro, revisar a folha de pagamento do Diretório Nacional a partir de 2019 e reduzir os aluguéis de instalações e contratos de prestação de serviços.
A sigla também quer que parlamentares, cargos comissionados e filiados do partido contribuam com uma graninha.

(Foto: Heuler Andrey/AFP)


11 comentários

  1. Itaguaíba
    quinta-feira, 13 de dezembro de 2018 – 19:02 hs

    “Saudar” as dívidas foi ótimo.
    Já “saldar” …

  2. Alberto Nunes
    quinta-feira, 13 de dezembro de 2018 – 19:20 hs

    Depois de anos se locupletando com nosso dinheiro, essa gente tem a cara de pau de vir a público lamentar da situação em que se encontram? É brincadeira!!!!

  3. Luiz Dernizo Caron
    quinta-feira, 13 de dezembro de 2018 – 19:51 hs

    Vamos saudar a dívida do PT … VIVA A DÍVIDA DO PT!

  4. E agora?
    quinta-feira, 13 de dezembro de 2018 – 23:14 hs

    Pensei que era para saudar a mandioca!

  5. Dieter Heinz Korn
    quinta-feira, 13 de dezembro de 2018 – 23:41 hs

    Estavam tão acostumados a simplesmente roubar para pagar as contas e os gastos e excessivos.
    Então vamos “saudar” a dívida do partido da amante.

  6. JÁ ERA...
    sexta-feira, 14 de dezembro de 2018 – 5:47 hs

    O PT lamentando da situação financeira do partido é uma brinca-
    deira de mal gosto. É o partido que mais tem dinheiro em caixa 2,3…
    do planeta !!!

  7. Do interior
    sexta-feira, 14 de dezembro de 2018 – 7:34 hs

    Gastaram mais do que podiam porque tinham certeza da Vitória nas urnas. Depois era só usar o nosso dinheiro para pagar as dívidas. Mas deu errado. E, pela primeira vez o PT fala em “ajuste “. Coisa que a Dilmanta deveria ter feito desde que assumiu a presidência.
    Vamos lá Gleisi. Dá aquela pedalada para fechar as contas.

  8. PEDROCA DO SUDOESTE
    sexta-feira, 14 de dezembro de 2018 – 8:06 hs

    Então se acabaram as granas fáceis. Os ardevogados para defender seu LULA custam caro também. Aviãozinho pra cá, aviãozinho pra lá,na campanha eleitoral custou caro. E agora ?Seria interessante muitos ,pensarem em arranjarem um trabalho na iniciativa privada,fazer algo, gerar algum emprego, que tal ?

  9. FRANCO
    sexta-feira, 14 de dezembro de 2018 – 8:40 hs

    Saudação à mandioca, saudação às dívidas… Huuuuummmm…

  10. Déborah Cintra
    sexta-feira, 14 de dezembro de 2018 – 10:51 hs

    Vejam só que interessante,a Gleise fala em revisar a folha de pagamento,ou seja,diminuir custo com empregados.Logo o Partido dos “Trabalhadores”tendo que fazer isso.Ironia do destino.

  11. Tarzan
    sexta-feira, 14 de dezembro de 2018 – 11:31 hs

    O PT vai acabar, o partido não consegue arrecadar e a teta dos sindicatos já secou! Bay, bay pelagarada!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*