Bolsonaro abre agenda a MDB e PSDB | Fábio Campana

Bolsonaro abre agenda a MDB e PSDB

A agenda de compromissos de Jair Bolsonaro prevista para esta semana inclui reuniões com bancadas parlamentares de quatro partidos, MDB, PRB, PR e PSDB. Os encontros foram organizados pelo futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.
Os compromissos representam uma nova direção na maneira como ele vem dialogando com parlamentares. Até aqui, Bolsonaro tem privilegiado as conversas com as chamadas bancadas temáticas. O futuro ministro da Saúde Henrique Mandetta foi indicado após aval de deputados ligados ao setor; Ricardo Vélez Rodriguez assumirá a Educação com o apoio dos evangélicos; na Agricultura, Tereza Cristina é líder dos ruralistas.
Esses grupos reúnem deputados de diferentes partidos em defesa de uma causa ou setor específico — como a “bancada da bala”, aliada de primeira hora de Bolsonaro. Entretanto, a formação de maioria no Congresso somente a partir dessas frentes parlamentares é incerta.

Para aprovar medidas que alteram a Constituição, como a reforma da Previdência, o governo deve contar com pelo menos 308 votos. O PSL de Bolsonaro terá a segunda maior bancada da Câmara — com 52 deputados, atrás do PT, que terá 56. Os encontros de agora têm um potencial de arregimentar 126 deputados para a base de apoio de Bolsonaro — MDB tem 34 eleitos; PR, 33; PRB, 30; e PSDB, 29.

O DEM, que até agora foi contemplado com três ministérios (Saúde, Agricultura e Casa Civil), não anunciou adesão formal ao próximo governo — embora o presidente nacional da sigla descarte fazer oposição. O partido terá 29 deputados a partir de 2019.

A previsão é de que Bolsonaro desembarque em Brasília na manhã de terça-feira (4). O primeiro compromisso na lista é uma audiência com a futura ministra da Agricultura. No período da tarde, se reunirá com parlamentares do MDB, às 15h, e do PRB, às 16h30, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), onde funciona o escritório do governo de transição.

Na quarta-feira (5), o presidente eleito deve receber autoridades diplomáticas pela manhã na Granja do Torto, residência oficial usada por Bolsonaro durante a transição. Depois, tem agendada uma visita ao quartel-general do Exército. À tarde, recebe mais duas bancadas partidárias: PR às 15h e PSDB às 16h30. Os dois encontros também ocorrerão no CCBB.

Na quinta-feira, a agenda prevê apenas atendimento a autoridades e parlamentares na Granja do Torto pela manhã e a partida de volta para o Rio de Janeiro no fim da tarde.
As informações são da revista Veja.

(Foto: Fátima Meira/Futura Press/FolhapressReprodução)


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*