Batisti está em 'local incerto e não sabido', diz PF | Fábio Campana

Batisti está em ‘local incerto e não sabido’, diz PF

Ninguém sabe, ninguém viu. A Polícia Federal, que tem ordem de prisão cautelar, está procurando o ex-ativista Cesare Battisti.
O advogado que o defende, Igor Tamasauskas, informou que não conseguiu falar com o cliente desde a decisão de Fux. Diz o advogado que a última vez que conversaram foi ‘no começo do mês ou fim do mês passado’.
Ano passado, quando a Itália pediu que o governo brasileiro revisasse a decisão de Lula e providenciasse a extradição de Battisti, seus advogados recorreram ao STF a pedir habeas corpus preventivo. Quem concedeu? Luiz Fux, que acabou de revogar a própria decisão, porque segundo ele o STF já reconheceu a possibilidade de extradição.


6 comentários

  1. antonio carlos
    sexta-feira, 14 de dezembro de 2018 – 12:11 hs

    Que ótimo, assim o cara prova que é mesmo bandido. Espero que a esta hora já esteja na Bolívia, nos evita o desgaste que toda deportação traz. Excelente notícia porque inocente não foge da Justiça

  2. Doutor Prolegômeno
    sexta-feira, 14 de dezembro de 2018 – 13:56 hs

    Por óbvio, deve ter sido avisado por vazamentos dos mesmos órgãos que tem buracos de vazamentos crônicos.
    Isso aqui oô,
    é um pouquinho de Brasil, iáiá…

  3. BinLaden
    sexta-feira, 14 de dezembro de 2018 – 18:27 hs

    Liguem pro EVO ou MADURO. Com certeza já deve estar lá há muito tempo.
    Não foi besta de esperar, já que sabia que iria ser preso

  4. Jirmias
    sexta-feira, 14 de dezembro de 2018 – 19:43 hs

    Como é que é, “ex-ativista”? O cara é um bandido terrorista, assassinou pessoas para implantar o comunismo na Itália, condenado a prisão perpétua, vamos dar o nome certo as coisas…

  5. Parreiras Rodrigues
    sábado, 15 de dezembro de 2018 – 10:01 hs

    Lins? Local incerto e não sabido.

  6. domingo, 16 de dezembro de 2018 – 17:24 hs

    O Brasil ficou culturalmente fechado com o governo do coitadismo. Os que tinham opiniões diferentes se questionavam se tudo aquilo que foi construído pelos seus avós estava errado. Será que pessoas mal compreendidas, no âmbito familiar e pessoal, estavam certos ao impor suas frustrações como culpa dos que tiveram a sorte de serem bem educados? Uma grande parcela da sociedade estaria errada e deveria aceitar algo que alguns não aceitavam em si mesmos? Jornalistas ameaçados ao publicar algo contrário. Se a democracia e a liberdade de expressão é o norte da dignidade humana, então aonde estão os bons textos banidos nos últimos 16 anos?!? A crítica engrandece quem nunca se apequenou moralmente.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*