As ameaças de Maduro | Fábio Campana

As ameaças de Maduro

Nicolás Maduro está a algumas semanas a afirmar que os Estados Unidos planejam atacar a Venezuela. No jeito habitual, mandou recados aos EUA e ao Brasil e Colômbia. Disse que a milícia civil do país agora tem 1,6 milhão de integrantes, e que vai “armá-los até os dentes”, acrescentando que “vamos defender nossa pátria dos imperialistas, oligarcas e traidores… estejam em Bogotá ou em Brasília”.

(Foto: Federico Parra/AFP)

 

 


3 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    quarta-feira, 19 de dezembro de 2018 – 13:21 hs

    Armar o bando é fácil. Difícil é alimentar essa gente toda. Podem ser subornados pelo inimigo com meia dúzia de pães e um rolo de papel higiênico.

  2. Gladiador
    quarta-feira, 19 de dezembro de 2018 – 13:33 hs

    Este sujeito esta com os dois pés na cova. Basta o Bolsonaro dizer que conjuntamente com o Trump, apoia o proximo presidente e que este continuara a pagar as dividas com o Putin tudo estara resolvido. O Maduro se encontara com o Chaves e o Fidel.

  3. Tarzan
    quarta-feira, 19 de dezembro de 2018 – 14:03 hs

    E aí lula, você andava de braços com esse maluco, distribuindo verbas para melhorias nesse país e levando tua parte, agora somos traidores. Parabéns Presidente Bolsonaro!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*