A economia na redução de secretarias | Fábio Campana

A economia na redução de secretarias

O estudo feito pela Fundação Dom Cabral, que embasou a decisão de Ratinho Junior em reduzir de 28 para 15 o número de estruturas com status de secretaria, aponta que inicialmente a economia será de R$ 3,9 milhões mensais.
Ratinho diz que a providência terá três consequências fundamentais para contemplar todas as áreas com competência: ficar entre os três estados mais enxutos do Brasil, reduzir o custo e dar mais eficiência na prestação de serviço ao cidadão.
Com o lema de ‘não impor Estado Máximo, nem Estado Mínimo, mas Estado Necessário’, o estudo da Dom Cabral foi patrocinado pela Itaipu Binacional e pelo G7, grupo das sete principais instituições econômicas do estado e custou R$ 3,8 milhões.

(Foto: Rodrigo Felix Leal/Divulgação)


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*