Primeiro o 'faz-me rir', depois a conversa | Fábio Campana

Primeiro o ‘faz-me rir’, depois a conversa

Boa parte dos juízes federais da bananeira iniciaram um não-movimento, uma paradeira geral, um cara de paisagem total. Acham melhor parar com a discussão neste momento, esperar janeiro chegar, pingar o primeiro salário já devidamente reajustado, para só depois começarem a discutir sobre o fim do auxílio-moradia.


2 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    sexta-feira, 9 de novembro de 2018 – 13:46 hs

    La dolce vita… O baronato judiciário vai se rebelar. Mas, somente após as férias forenses, os recessos dos tribunais e as férias anuais de 60 dias. Antes disso, não. É muito entendiante.

  2. sexta-feira, 9 de novembro de 2018 – 14:12 hs

    Bah,kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*