Mourão, o gerentão | Fábio Campana

Mourão, o gerentão

O organograma do Palácio do Planalto está a receber nova configuração. Por quê? Para ajeitar melhor nomes e funções da trupe nova que está chegando.
A Casa Civil deixará de coordenar os ministérios e passará apenas a frequentar o Congresso e fazer a articulação com as excelências.
Os ministros terão que bater continência e seguir o comando do vice-presidente, o general Mourão, que assumirá a gerência do governo. E a situação indica que houve um acerto nos bastidores do poder, já que a providência que aumenta responsabilidades e importância de Mourão é oposta ao que se viu durante a campanha, em que Bolsonaro chegou publicamente a criticar seu vice e suas declarações. Demorou. No universo em que vivem, general não segue ordens de capitão.


Um comentário

  1. Fabio
    segunda-feira, 19 de novembro de 2018 – 14:58 hs

    Trupe? É isso mesmo?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*