Malafaia critica Bolsonaro, de novo | Fábio Campana

Malafaia critica Bolsonaro, de novo

Pastor e líder da igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo, Silas Malafaia voltou a falar da “ingratidão” de Bolsonaro em relação a Magno Malta. Ele deu entrevista ontem a Mario Sérgio Conti, na GloboNews “Magno Malta foi o primeiro camarada a acreditar em Bolsonaro e viajou o Brasil inteiro para ajudá-lo. Magno foi um guerreiro. Ele que me convenceu a apoiar Bolsonaro. Sou um apoiador intransigente de Bolsonaro, mas não sou subalterno. Também não sou obrigado a concordar com tudo o que ele fala”.
Perguntado sobre o interesse da bancada evangélica em assumir altos postos no Governo, Malafaia discordou e mandou bala para outros grupos, inclusive o núcleo familiar de Bolsonaro: “Eu acredito mais que tem os militares, os filhos e a área econômica [na disputa]. Na equipe dele tem esses três grupos, mas não tem os evangélicos”.
Durante a entrevista, Malafaia também compartilhou sua opinião sobre a ditadura: “Teve ditadura sim. A ditadura foi um remédio ruim para um mal pior. Havia gente querendo implantar o comunismo no Brasil. Mas dizer que não houve ditadura com a imprensa cerceada, é querer que eu acredite em papai noel”.


2 comentários

  1. bs
    sexta-feira, 30 de novembro de 2018 – 16:26 hs

    Achou que ia ganhar o poder, aos cães as sobras

  2. SERGIO SILVESTRE
    sexta-feira, 30 de novembro de 2018 – 17:55 hs

    O Bozo é idiota mas de bobo não tem nada ,se livrou dessa íngua.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*