Equipe de Bolsonaro teme rebeliões para desestabilizar Moro | Fábio Campana

Equipe de Bolsonaro teme rebeliões para desestabilizar Moro

Pode ser delírio, e não seria o primeiro imaginado pelo time de Jair Bolsonaro, mas a equipe do presidente eleito trabalha seriamente com a hipótese de que o PT, através de conexões com o PCC, promova no ano que vem rebeliões em presídios federais com o objetivo de desestabilizar Sérgio Moro. As informações são da coluna Radar, da VEJA.


9 comentários

  1. Tida Mansur
    sexta-feira, 16 de novembro de 2018 – 8:52 hs

    Acredito que não seria de se duvidar da capacidade da esquerda trabalhar forte para destruir o equilíbrio do novo governo. Entretanto, sem o sangue que alimenta o crime, ou seja, sem o dinheiroduto que parou de jorrar quando da saída do PT do governo tenho uma certa esperança de que tais iniciativas hão de se enfraquecer.

  2. SERGIO SILVESTRE
    sexta-feira, 16 de novembro de 2018 – 9:52 hs

    Um desequilibrado mental desligado do exercito aos 33 anos por isso só pode pensar em asneiras como essa e outras que pode acabar com o mais médicos.

  3. sexta-feira, 16 de novembro de 2018 – 9:58 hs

    Vindo do PT, a maior organização criminosa do país, com seus braços auxiliares: CUT, FUP, APP-PR ,etc.. Moro e a PF terão muito trabalho.

  4. jose
    sexta-feira, 16 de novembro de 2018 – 11:13 hs

    nos livramos da maior organização criminosa (PT), o negócio é mais embaixo agora, vao ter que engolir, aguentando 16 anos, pq q esses bandidos nao podem aguentar de inicio 4 anos, qto ao programa mais médicos, esta que o Rodrigo sendo acabado um dos maiores esquema de roubo no governo PT juntamente com o governo cubano, é só liberar os médicos virem com suas famílias, fazer o revalida e repassar todo salário aos médicos, pronto falei, tchau obrigado.

  5. sexta-feira, 16 de novembro de 2018 – 11:39 hs

    Continua a sua choradeira de alguns e da tipo Gleisi! Não tem preço o choro dos PeTistas! Mais Médicos era Transferência de Dinheiro pra Cuba que depois Voltava como Cx 2 do PT. Alguém duvida? Secou mais uma Têta.

  6. sexta-feira, 16 de novembro de 2018 – 12:50 hs

    Bah,kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!

  7. luiz
    sexta-feira, 16 de novembro de 2018 – 13:03 hs

    Muito simples. Atiradores de elite e exercito dentro das prisão. Remédio pra isso se tem Borracha no lombo e gás na cara pronto. Quero ver que vai querer enfrentar isso. E sé tiver alguém de esquerda que se achar prejudicado borracha no lombo do canalha.

  8. Edson
    sexta-feira, 16 de novembro de 2018 – 14:57 hs

    Há uma solução simples e fácil! É só entregar os líderes de facção criminosa (todos são narcotraficantes) para os Estados Unidos! Os E.E.U.U tem interesse em traficantes internacionais. Quero ver eles comandarem facções de dentro dos presídios norte americanos. E de quebra, ainda não comerão a “bóia” paga pelo contribuinte brasileiro! Se o Abadia estivesse aqui no Brasil, acham que ele estaria quietinho? alguém aí vai se doer? ah! a CF não permite! Constituição pode-se mudar a qualquer hora. Ainda mais para se desvencilhar de bandidos! Bolsonaro e Moro neles!

  9. CURITIBANO
    sexta-feira, 16 de novembro de 2018 – 17:20 hs

    Nada como Pb+CO2+ KNO3, uma espoleta e uma escopeta para resolver essa questão !

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*