Ratinhos e Bolsonaro, de mãos dadas | Fábio Campana

Ratinhos e Bolsonaro, de mãos dadas

Ricardo Noblat,
Em momento algum, Ratinho Junior (PSD) correu o risco de ficar de fora de um eventual segundo turno da eleição para o governo do Paraná. Mas empenhado em liquidar a eleição logo no primeiro, Ratinho gravou uma mensagem de apoio a Jair Bolsonaro (PSL).
Gravou, mas não precisou pôr no ar. Elegeu-se com cerca de 60% dos votos. Sua principal adversária, a atual governadora Cida Borghetti, obteve pouco mais de 15% dos votos.
Ratinho já se acertou com Bolsonaro e agora pede votos para que ele se eleja no Paraná com a maior votação possível. O pai de Ratinho e e Bolsonaro são velhos amigos.

(Foto: Veja/Reprodução)


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*