Perigo: eleitores se informam pelo WhatsApp | Fábio Campana

Perigo: eleitores se informam pelo WhatsApp

Os eleitores de Jair Bolsonaro (PSL) são os que mais usam redes sociais para se informar, levando em conta os quatro candidatos com maior índice de intenção de votos. Os dados são da pesquisa do instituto Datafolha, contratada pela TV Globo e pelo jornal Folha de S.Paulo e divulgada nesta terça-feira 2.
De acordo com a pesquisa, 81% dos eleitores de Bolsonaro têm conta em redes sociais. Nesse quesito, o capitão só perderia para João Amoêdo (Novo), que tem 96% dos seus eleitores cadastrados nessas plataformas. Ciro Gomes (PDT), tem 72%; Fernando Haddad (PT), 58%; e Geraldo Alckmin (PSDB), 53%.
Entre os eleitores de Bolsonaro, 61% dizem ler notícias no WhatsApp, e 40% afirmam compartilhar notícias de política na plataforma. Com Ciro, são 46% e 22%, respectivamente; Haddad, 38% e 22%; e Alckmin, 31% e 13%.
Já no Facebook, 57% dos eleitores do candidato do PSL dizem que leem informações sobre o assunto e 31% compartilham conteúdo político. Para Ciro, são 50% e 22%, respectivamente. Haddad, 40% e 21%; e Alckmin, 31% e 14%.
As informações são da revista Veja e a pesquisa Datafolha ouviu 3.240 pessoas durante o dia nesta terça-feira 2. A margem de erro é de 2 pontos porcentuais, para mais ou para menos. O levantamento foi registrado no TSE sob a identificação BR-03147/2018.


3 comentários

  1. Fabiano Seth
    quinta-feira, 4 de outubro de 2018 – 20:03 hs

    Perigo só se for para a mídia mofada dos jornalões e TV e para os blogueiros de aluguel.
    Para as pessoas, a democratização da informação das redes sociais é uma bênção. E muito menos falsa do que a de vocês.

  2. eleitor desmemoriado
    quinta-feira, 4 de outubro de 2018 – 20:12 hs

    KKk não há razão para tal perigo pois perigo mesmo é se informar pelos noticiários das TVs e pela mídia divulgadora de fake news, mesmo jurando que checam as fontes antes de divulgar as fake news. Felizmente esta guerra já está ganha.

  3. Osnir
    sexta-feira, 5 de outubro de 2018 – 11:52 hs

    Esta explicado, é uma público mal informado.O grave de tudo isso é que nas redes sociais não tem controle, aqui perpetua tudo quanto é tipo de mentira, mas a rejeição do Bolsonaro contesta tudo isso. Acorda povo!…..

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*