Inscrições para Lei de Incentivo ao Esporte vão até 31 de outubro | Fábio Campana

Inscrições para Lei de Incentivo ao Esporte vão até 31 de outubro

O deputado Ney Leprevost, autor da Lei de Incentivo ao Esporte de Curitiba, alerta que estão abertas até o dia 31 de outubro as inscrições para atletas, paratletas, profissionais de educação física e entidades esportivas interessadas no Programa Municipal de Incentivo ao Esporte em 2019.

Para participar, é necessário entregar pessoalmente, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 18h, o projeto no Departamento de Incentivo ao Esporte da Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude, que fica na Rua Solimões, 160, São Francisco, em Curitiba.

Criada por Ney Leprevost, a Lei de Incentivo ao Esporte, se tornou referência nacional, sendo de fundamental importância para o desenvolvimento de projetos esportivos na capital do Estado. “O esporte é uma excelente ferramenta de desenvolvimento social, ajudando a manter as crianças e os jovens longe da violência e da criminalidade”, disse.

A Lei Municipal de Incentivo ao Esporte capta recursos do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e investe em atletas, paratletas, instituições sociais e projetos na área do esporte. Neste ano estão sendo distribuídos R$ 3,6 milhões para 425 projetos esportivos em 45 modalidades diferentes.


4 comentários

  1. André Coutinho
    quinta-feira, 25 de outubro de 2018 – 10:44 hs

    Parabéns ao Ney! Plantou a semente e quem ganha com isso são os esportistas

  2. Andrea Lazarotto
    quinta-feira, 25 de outubro de 2018 – 10:54 hs

    Que bela herança para nossa juventude. Parabéns pela iniciativa e obrigado por pensar em nossa gente

  3. Lisangela
    quinta-feira, 25 de outubro de 2018 – 13:25 hs

    Tem muita academia agenciando garotos para receberem bolsa de incentivo ao atleta e, possivelmente, cobrando percentuais. Esses incentivos devem passar por auditorias e revisões. Associações sem fins lucrativos estão fazendo de seus dirigentes pessoas bem sucedidas em suas vidas pessoais por confusão patrimonial.
    Muita gente enriqueceu e os “atletas” de outros estados vindo pra cá tentar bolsa.
    É algo qie vale aprimorar para se evitar fraudes.

  4. Anastácio Pessoa
    quinta-feira, 25 de outubro de 2018 – 16:43 hs

    Este é o verdadeiro papel do político! Se preocupar com a população proporcionando melhores condições para tornar o nosso mundo um local melhor para se viver. Parabéns Ney Leprevost

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*