Ibope: Rejeição a Haddad cai 6%; a de Bolsonaro sobe 5% | Fábio Campana

Ibope: Rejeição a Haddad cai 6%;
a de Bolsonaro sobe 5%

De acordo com a pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira, a rejeição a Haddad caiu desde a pesquisa do dia 15: a parcela que diz que não votaria “de jeito nenhum” no petista passou de 47% para 41%. Já a rejeição a Bolsonaro aumentou de 35% para 40%.

O Ibope ouviu 3.010 eleitores nos dias 21 a 23 de outubro. A margem de erro é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos, e o intervalo de confiança é de 95%. Isso significa que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro. O registro na Justiça Eleitoral foi feito sob o protocolo BR‐07272/2018. Os contratantes da sondagem foram o Estado e a TV Globo.


4 comentários

  1. Everson
    quarta-feira, 24 de outubro de 2018 – 0:24 hs

    O Gilmar mendes soltou o Aécio. A população esta revoltada vão descontar nas urnas contra o PT.

  2. Dionleno
    quarta-feira, 24 de outubro de 2018 – 8:00 hs

    Ibope…

  3. Parreiras Rodrigues
    quarta-feira, 24 de outubro de 2018 – 10:09 hs

    Não é o que as pesquisas DataRua e DataTáxi dizem.

    Haddad é o segundo Poste indicado por Lula. O primeiro, deu no que deu.

    O segundo, é o primeiro prefeito de São Paulo candidato à reeleição que não passa pelo primeiro turno e é rejeitado em todas as seções, pelo não cumprimento de promessas de campanha.

    Elegê-lo, é premiar a incompetência e dar razão a um presidiário, presidente duma Orcrim, cuja maioria de dirigentes, tesoureiros, secretários, se encontra nas mesmas condições, presa.

  4. troll
    quarta-feira, 24 de outubro de 2018 – 18:53 hs

    Mas a rejeição ao capitão ainda é menor do que ao poste do 51. Quem sabe se a eleição for atrasada em um mês o poste do 51 consiga recuperar os 12 milhões de votos que lhe faltam para por o 51 na rua.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*