'Fiz e farei de novo', diz deputado que apoiou rede derrubada pelo Facebook | Fábio Campana

‘Fiz e farei de novo’, diz deputado que apoiou rede derrubada pelo Facebook

do Estadão

O delegado Francischini (PSL) divulgou vídeo em seu Facebook em defesa à rede RFA. O parlamentar já usou sua cota partidária para bancar notícias nos sites do grupo – todas elas positivas a ele. “Fiz licitamente, abertamente, e farei de novo. Estão ouvindo? Os esquerdinhas dos jornalistas espalhados por aí. Vou fazer de novo. Vou apoiar todas as páginas de direita que produzam conteúdo contra a vagabundagem do PT, contra a bandidagem que assaltou o nosso país”. garantiu.

Ele disse que faria um pedido para o Facebook para restabelecer as páginas excluídas. “Se são um grupo de jovens juntos que montaram uma empresa e faziam disso a sua atividade principal, que mal tem isso num País que está cheio de ladrão, cheio de bandido, cheio de vagabundo roubando dinheiro público? Sem vergonhice o que estão fazendo.”

Conforme revelou o Estadão, o Facebook removeu nesta segunda-feira, 22, 68 páginas e 43 perfis ligados a uma só empresa que produzia conteúdo a favor de Bolsonaro, a Rede RFA. O motivo da exclusão não é o conteúdo publicado por essas páginas, mas a forma como a rede foi estruturada, com perfis falsos e divulgação de spam. Uma investigação do Estado em parceria com a ONG internacional Avaaz revelou, no dia 12, que esse grupo era o principal articulador de notícias positivas ao Bolsonaro nas redes sociais, além de espalhar boatos – eles foram um dos responsáveis por divulgar informações não confirmadas de que as urnas teriam sido fraudadas no dia da eleição.

Francischini admitiu que usava o partido para produzir conteúdo de direita, mas que isso começou antes da eleição. “Isso é fake news, criticar (a esquerda?)?”, reclamou. “Temos de dar trabalho para esses jovens que estão começando e não foram doutrinados para serem petistas e socialistas em sala de aula.”

O candidato foi procurado por meio de sua assessoria de imprensa, mas não retornou até o momento. O espaço segue aberto para manifestação.


6 comentários

  1. Jonatas
    terça-feira, 23 de outubro de 2018 – 8:37 hs

    Seria ótimo acabar com financiamentos dos cofres públicos para campanha politica. Evitaria um monte de bla bla bla.

  2. terça-feira, 23 de outubro de 2018 – 9:02 hs

    ISSO MESMO DEPUTADO, JÁ QUE TÁ TUDO FUDÍDO, QUE FODA SE TUDO NÉ,KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!

  3. Raquel Silvana Gschwenter
    terça-feira, 23 de outubro de 2018 – 12:01 hs

    Bom dia!!!
    Gostaria que a maior parte da imprensa respeitassem quem vota em Bolsonaro, afinal vivemos num país democrático, ou não?
    Estou cansada de super valorizarem a imagem do Haddad e detonarem com a imagem do Bolsonaro, tal atitude me faz acreditar que estou no caminho certo.
    As ruas, no domingo, demonstraram o imenso desejo dos brasileiros pela mudança, embora com pouca repercussão na tv. Haddad falou mal das instituições brasileiras e fica assim??

  4. SERGIO SILVESTRE
    terça-feira, 23 de outubro de 2018 – 14:54 hs

    Para quem tanto fala em Venezuela,ai está os homens que podem transformar esse Pais nela.Meus Pesames ao autoritarismo.

  5. Armando
    quinta-feira, 25 de outubro de 2018 – 6:49 hs

    O PT de 1980 lutava pela melhoria das classes trabalhadoras , luta por uma sociedade mais justa e equalitaria , não era um partido com viés socialista ou comunista , não existia movimentos no partido , que o levassem a crimes e corrupções em empresas estatais , prefeituras ou órgãos dos governos estaduais e federais . Podia-se ter orgulho de uma classe humilde , porém honesta e trabalhadora . Hoje em 2018 o que se tornou o Partido dos Trabalhadores . Será que preciso dizer alguma coisa , será que o povo brasileiro não percebe a mudança organizacional do partido , será que não está evidente a falta de seriedade e de propósitos . Será que preciso dizer que o PT se tornou um bando , uma quadrilha de ladrões , que roubam seu próprio povo , seus próprios operários . Acho que não ! Infelizmente o PT de 1980 não é o PT 2018 . Você que é operário , que é um verdadeiro técnico , que tem família e orgulho a classe que pertence , pense nestas palavras , reflita bem se é este o país de roubalheiras e corrupções , que deseja para você e sua família . Continue tendo orgulho a sua profissão e a sua classe social e partidária . Levante a bandeira do seu verdadeiro partido com orgulho , mas não se misture com bandidos , assassinos ecorruptos e toda espécie de pessoas que não lhe representam , que não tem nada haver com o homem que você é ! Seja um verdadeiro brasileiro e lute por sua bandeira verde amarela . O povo brasileiro nunca foi e nunca desejará ser comunista . Lutamos e morremos na segunda guerra mundial , por acreditar em um país livre , democrático e próspero . Não deixe morrer este sonho dentro de cada brasileiro . Continue sendo PT , mas não este partido que nada tem haver com você e que não te representa . Ter um ex presidente corrupto com pensamentos socialistas de Cuba , Bolívia , Venezuela e outros países comunistas , é tudo que não desejamos . Por acaso não te deixa chocado tantas mortes de jovens , não te perturbando ser comandado por facções criminosas de dentro dos presídios . Você acha certo governadores ladrões , como os que estão presos . A falta de emprego , a falta de oportunidades de trabalho , não foi criada por nenhum outro partido , foi criado pelo seu próprio partido o PT . Não se esqueça , são mais de 16 milhões de desempregados e você também é responsável por estes desempregos . No momento em que você apoia a perpetuação do PT no poder , você passa a ser também com responsável por este estado de situação , que passa o povo trabalhador e em última hipótese o seu país . Pense bem no seu voto no dia 28 de Outubro . Seja PT mas não este que aí está .

  6. Marajó
    sábado, 27 de outubro de 2018 – 1:56 hs

    Chega do PT que aparelhou as instituições! ! Chega de petistas ocupando cargos na Justiça, no MP, na direção geral das policias e estatais. Além do STF com ex-advogado do PT como ministro, temos pessoas assumidamente petistas e seu grupo dominando uma instituição que se diz independente e apartidária.
    Tem muita gente boa calada, e se continuarem caladas, o viés ideologico de esquerda prevalecerá por anos aí. Para quem tem como “vitrine” o Soberano Trinunal do Júri, soa paradoxal ter um lider petista.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*