TRE multa diretor da Celepar que compartilhou fake news | Fábio Campana

TRE multa diretor da Celepar que compartilhou fake news

A Justiça Eleitoral determinou hoje multa de R$ 5 mil a Giovani Antonio Soares de Brito, diretor administrativo-financeiro da Companhia de Tecnologia de Informação e Comunicação do Estado do Paraná (Celepar), por disseminar conteúdo falso e ataques pessoais contra o candidato ao governo Ratinho Junior.
O nome do diretor da Celepar foi identificado depois que o jurídico do Partido Social Democrático (PSD) conseguiu a quebra de sigilo com informações sobre três proprietários de linhas telefônicas que estavam compartilhando os conteúdos via WhatsApp.
No mês de agosto, em caráter liminar, a juíza auxiliar Graciane Lemos, atendeu o pedido intimando o WhatsApp para suspender o compartilhamento e realizar a exclusão do vídeo.
Agora a Corte do TRE, à unanimidade, proíbe em definitivo o material e condena quem o compartilhou.


2 comentários

  1. Kibo
    quarta-feira, 5 de setembro de 2018 – 19:06 hs

    Cade a GOVERNADORA com a sua divisão policial de combate à corrupção

    No mínimo aprovou a conduta do seu funcionário e passou a mão na cabeça!!!

    Faltou atitude!

  2. quinta-feira, 6 de setembro de 2018 – 9:55 hs

    O Cara é Diretor da CELEPAR – Cia. de Tecnologia da INFORMAÇÃO e Comunicação do PR, e faz dessas coisas??? Isso equivale ao Diretor da COPEL fazer um GATO de energia na sua residência… ou o Diretor da SANEPAR pego roubando o hidrômetro… Tem idiota pra tudo.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*