Petrobrás pode manter preço da gasolina por até 15 dias | Fábio Campana

Petrobrás pode manter preço da gasolina por até 15 dias

Depois de consecutivos aumentos, a Petrobras anunciou uma nova política no preço da gasolina. A mudança não é lá grande coisa e deve alterar bem pouco o resultado nas bombas. A diferença é que de vez em quando, em casos específicos, aumentos não acontecerão diariamente.
A estatal continuará acompanhando as cotações internacionais e as variações do dólar como tem feito desde 2016. O que muda é que a partir de agora há a possibilidade de 15 dias sem repasses de aumento quando o mercado estiver sendo pressionado por razões extraordinárias como como desastres naturais ou choques cambiais.
Tudo muito bom, tudo muito bem, mas o diretor de refino e gás da estatal, Jorge Celestino, disse que “O resultado final não vai ser alterado. Se subir 13% neste período [em que os repasses estiverem represados], no final vai ter 13% de aumento”.
Que tal?


2 comentários

  1. VISIONÁRIO
    quinta-feira, 6 de setembro de 2018 – 15:01 hs

    Este país é uma grande desgraça mesmo. Pagamos o combustível
    mais caro do planeta, exporta-se por 1/4 que pagamos e ainda con-
    tinuam jurando que a inflação permanece no patamar menor do que
    1% !? É só um grande idiota para acreditar em tudo isso…

  2. Doutor Prolegômeno
    quinta-feira, 6 de setembro de 2018 – 15:05 hs

    Não adianta bufar. Em maio, durante a greve dos laranjas de frotistas, o barril de petróleo estava perto de 40 dólares. Esta semana, o barril está 70 dólares. É simples aritmética, básica e elementar. Quem não quer ficar sujeito ao petróleo, compre um carro elétrico ou um movido a burro e capim. Mas, pelo movimento de carros nas ruas e estradas, que se nota às vésperas de mais um feriadão, a gasolina está de graça.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*