Os rejeitados | Fábio Campana

Os rejeitados

Jair Bolsonaro não lidera a corrida presidencial só numa ponta. Ele é também o primeiro colocado no índice de rejeição. Na pesquisa Datafolha que ouviu 8.601 eleitores entre os dias 18 e 19 de setembro, com margem de erro de 2 pontos, ele aparece com 43% dos eleitores que não votariam nele de jeito nenhum.
Depois vem Marina Silva com 32%; Fernando Haddad, 29%; Geraldo Alckmin, 24%; Ciro Gomes, 22%; Vera Lucia e Cabo Daciolo com 19%; Guilherme Boulos, 18%; Eymael e Henrique Meirelles com 17%; João Goulart Filho, Alvaro Dias e João Amoêdo têm 15% de rejeição cada um.


3 comentários

  1. joão
    quinta-feira, 20 de setembro de 2018 – 13:12 hs

    A “rejeição” de Bolsonaro fica por conta das FAKE NEWS, “pesquisas” coisa de louco, vimos a rejeição de Bolsonaro nas redes no último fim de semana aonde carreatas e atos pró Jair Bolsonaro pipocaram por todo o Brasil, só no Nordeste foram mais de 1 mil cidades! Agora a situação ficou assim: É Jair ou já era! Esquerdas criminosas nunca mais!

  2. Doutor Prolegômeno
    quinta-feira, 20 de setembro de 2018 – 15:55 hs

    Não importa a rejeição. Dois desses desvairados estarão seguramente num segundo turno. Essa situação deve ser creditada e agradecida aos Robespierres, aos Dantons e aos Marats, às rainhas de copas gritando pelas ruas: cortem-lhes as cabeças. Desde a fracassada tentativa de golpe na parquetada de maio de 17, o país vive esta barafunda e esse desencanto com a democracia bananeira. O Brasil trilha a senda do destino manifesto dos países latrino-americanos.

  3. Hércules Ananias
    sexta-feira, 21 de setembro de 2018 – 0:52 hs

    tudo indica que no segundo turno dá bolsonaro e haddad,não tenho simpatia por nenhum,mas não deixarei de votar.só que no que PT,não votarei,se em 16 anos largaram o País num caos.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*