Justiça quebra sigilo de celulares e notebook de agressor de Bolsonaro | Fábio Campana

Justiça quebra sigilo de celulares e notebook de agressor de Bolsonaro

Uma decisão da juíza Patrícia Alencar Teixeira de Carvalho, da 2ª Vara Federal de Juiz de Fora, autorizou a quebra do sigilo dos dados de quatro celulares e um notebook de última geração que foram encontrados no quarto da pensão em que estava morando Adélio Bispo de Oliveira, autor confesso do atentado ao candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, em Juiz de Fora (MG). As informações são do Estadão.

Uma das informações que os investigadores já levantaram sobre o histórico de Adélio Oliveira é a de que, nos últimos 15 anos, ele passou por 39 empresas distintas, com salários baixos. Isso chamou a atenção diante da apreensão dos quatro celulares e de um notebook. Todos os contatos feitos com os aparelhos eletrônicos serão monitorados em perícia, em busca de informações sobre sua rede de contatos. As autoridades de investigação ainda devem pedir a quebra de sigilo bancário.

Adélio foi transferido de Juiz de Fora na manhã deste sábado, 8, para um presídio federal de Campo Grande (MS), também por autorização da juíza. Acompanhado por quatro advogados, o pedreiro prestou um terceiro depoimento antes de deixar a cidade onde foi cometido o ataque a faca a Bolsonaro. Uma fonte que acompanhou os depoimentos diz que Adélio mostrou raciocínio coeso ao explicar divergências que tem em relação às visões do candidato a presidente da República. O investigado disse que havia se mudado para Juiz de Fora em busca de emprego.


5 comentários

  1. Intruso
    domingo, 9 de setembro de 2018 – 12:22 hs

    É absolutamente abominável ato de ódio.. Mas ao q parece se trata de mais um excluído por falta de qualificação profissional, que sabe-se lá se é por falta de saúde mental ou de oportunidade.. Contudo é urgente a necessidade do gov dirigir atenção a esse contingente de pessoas para que nunca se sintam inúteis, profissionalmente, economicamente e espiritualmente.. Aliás, com permissio, essa é a razão da existência de um governo..

  2. Aprigio Fonseca
    domingo, 9 de setembro de 2018 – 12:25 hs

    Essa é uma história esquisita e até conspiratória,muito estranho o cara alugar um quarto e passar por uma segurança composta de delegados da PF e admiradores fanáticos,o mais estranho é ele ter saído sem levar um soco ou pontapé,isso tá me parecendo aqueles contos de ficção onde tudo que lemos achamos impossível acontecer.

  3. domingo, 9 de setembro de 2018 – 13:24 hs

    Sigilo bancário também e URGENTE,. Há bandidos soltos e bandido preso do mesmo naipe que mataram o Celso Daniel em Campinas, envolvidos, são os mesmos, só que com outros laranjas, são os mesmos de sempre.

  4. ciro
    segunda-feira, 10 de setembro de 2018 – 10:26 hs

    Não dá pra derrubar avião vai na faca mesmo esse aí é um dos sustentados pelo “bolsa família 5 estrelas”, tá na cara

  5. ciro
    segunda-feira, 10 de setembro de 2018 – 10:28 hs

    Para um assalariado baixo, desempregado quatro advogados está bom né?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*