Denúncia poupa Richa, mas MP promete seguir investigando | Fábio Campana

Denúncia poupa Richa, mas MP promete seguir investigando

O Ministério Público denunciou Deonilson Roldo, ex-chefe de gabinete de Beto Richa, e outras nove pessoas no caso da Parceria Público-Privada (PPP) firmada para exploração e duplicação da rodovia PR-323.
Richa foi poupado, mas o MP afirma que seguirá investigando a possível participação do ex-governador nos crimes denunciados, que podem ser resumidos como pagamento de propina pela Odebrechet em troca do favorecimento na licitação, o que caracteriza crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.
Beto Richa defende-se a dizer que obra de duplicação da PR-323 nunca aconteceu e que “nenhum recurso público, de origem federal ou estadual, foi aportado na licitação”.

(Foto: Orlando Kissner/ANPr)


2 comentários

  1. Andrea
    quinta-feira, 6 de setembro de 2018 – 13:02 hs

    São sempre os mesmos nomes em denuncias e sempre alegam não saberem de nada, igual quando colocam um trombadinha no camburão, a resposta sempre a mesma: não fui eu senhor! , eu só estava passando…!

  2. quinta-feira, 6 de setembro de 2018 – 13:04 hs

    O MELHOR GOVERNADOR DO BRASIL, DEVERIA SER O PRESIDENTE DO BRASIL!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*