Contra o uso de Deus em campanhas | Fábio Campana

Contra o uso de Deus em campanhas

Os neopentecostais da Confederação dos Conselhos de Pastores do Brasil se manifestaram a favor de Jair Bolsonaro e iniciaram movimento de campanha. Não pegou nada bem. Um grupo que reúne 88 teólogos e reverendos presbiterianos, batistas e de outros troncos da religião lançou manifesto em defesa do Estado laico e contra o uso de Deus em campanhas.
“Nossa indignação contra a pretensão de haver um governo exercido em nome de Deus, bem como contra toda aspiração autoritária e antidemocrática”, diz a Carta Pastoral à Nação. “O nome de Deus não pode ser usado em vão, ainda mais para fins políticos”, conclui.
Com informações da Coluna Painel.


3 comentários

  1. sexta-feira, 21 de setembro de 2018 – 12:48 hs

    EM ÉPOCA DE POLÍTICÁGEM, APARECE CADA CHUPETA DA CABEÇA NÉ???

  2. eleitor desmemoriado
    sexta-feira, 21 de setembro de 2018 – 15:46 hs

    Isto é inveja da oposição, porque estes 88 teólogos e reverendos não vão poder dizer para os seus seguidores, nós elegemos o presidente da República. E não sou evangélico.

  3. Paulo Vendelino Kons
    sexta-feira, 21 de setembro de 2018 – 17:45 hs

    Prezado Fábio e caros leitores – Paz e Bem!

    Como o “deus” deste “grupo que reúne 88 teólogos e reverendos presbiterianos, batistas e de outros troncos da religião” está preso em Curitiba/PR, nenhum outro pode ocupar seu lugar.

    Fraternalmente,

    Paulo Vendelino Kons
    Brusque/SC – paulo_kons@yahoo.com.br

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*