Para ganhar no 1º Turno, Bolsonaro propõe voto em branco e nulo | Fábio Campana

Para ganhar no 1º Turno, Bolsonaro propõe voto em branco e nulo

A campanha de Jair Bolsonaro (PSL) quer sensibilizar os eleitores para que decidam a eleição já no primeiro turno. Como mostrou a pesquisa Ibope/Estadão/TV Globo, o capitão reformado não consegue derrotar a maioria dos seus adversários num eventual segundo turno. A exceção é o cenário contra o PT, quando registra 36% ante 37% de Fernando Haddad. Para sensibilizar os eleitores, os aliados de Bolsonaro vão defender que quem não vota nele deve optar por branco e nulo, o que reduz o número de votos necessários para elegê-lo já na primeira fase. As informações são da Coluna do Estadão.


6 comentários

  1. Chicão
    quinta-feira, 6 de setembro de 2018 – 9:00 hs

    Cada ideia de jerico! Enquanto se prega o voto valido, o cara vai na contramão.

  2. Ademir
    quinta-feira, 6 de setembro de 2018 – 9:29 hs

    Além de exibirem imagens cortadas e descontextualizadas do Capitão, ele tem de lutar contra as fake news!

  3. Luiz Pr
    quinta-feira, 6 de setembro de 2018 – 10:12 hs

    Fake news…Bolsonaro nunca falou isto…
    É a Mídia Podre no desespero…
    Mito …2018…!!!

  4. Diego
    quinta-feira, 6 de setembro de 2018 – 11:48 hs

    Uma pesquisa, dentre 10, fala que o Bolsonaro não ganha do Ciro e da Marina no segunto turno e já se diz que não ganha de ninguém.
    Outras pesquisas dão vitória do capitão contra qualquer 1, e no cenário mais provável pelos analistas, Bolsonaro x Haddad, ele ganha em todas as pesquisas.
    Não vai funcionar!

  5. eleitor desmemoriado
    quinta-feira, 6 de setembro de 2018 – 15:42 hs

    Meu Deus do céu quem é que consegue pensar assim, só pode ser um louco. Ou a caminho da loucura.

  6. Pedro
    segunda-feira, 17 de setembro de 2018 – 21:48 hs

    O STE FRAUDA ELEIÇÕES COM BRANCOS E NULOS, É SUJEIRA DESSA ESQUERDA PODRE, DEVERIAM SER TODOS ENFORCADOS EM PRAÇA PÚBLICA!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*