A grana dos presidenciáveis | Fábio Campana

A grana dos presidenciáveis

Nova parcial dos gastos dos presidenciáveis. O rancking da gastança com as campanhas está assim:
– Geraldo Alckmin: R$ 46,4 milhões; 97,8% são do Fundo Eleitoral; 0,08 do financiamento coletivo;
– Henrique Meirelles: R$ 45 milhões. Todo recurso é do próprio candidato;
– Fernando Haddad: R$ 20,6 milhões; 97,1% são do Fundo Eleitoral;
– Ciro Gomes: R$ 16,1 milhões recebidos. Todo recurso é do Fundo Eleitoral;
– Marina Silva: R$ 7,2 milhões; R$ 6,1 milhões são do Fundo Eleitoral; R$ 260 mil de financiamento coletivo e o restante de 21 doadores;
– Guilherme Boulos: R$ 5,99 milhões; R$ 5,97 milhões do Fundo Eleitoral; o restante de financiamento coletivo;
– Alvaro Dias: R$ 5,2 milhões; 62,5% do Fundo Eleitoral; 37,9% de doações diversas; 0,63% de financiamento coletivo;
– João Amoêdo: R$ 2,6 milhões. R$ 1,2 milhão do Fundo Eleitoral; R$ 308 mil de financiamento coletivo e o restante de doadores;
– Jair Bolsonaro: R$ 688,7 mil. R$ 334,75 mil do Fundo Eleitoral; R$ 332,8 mil de financiamento coletivo.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*