Tudo não passou de erro do TRE, diz Gleisi Hoffmann sobre seus bens | Fábio Campana

Tudo não passou de erro do TRE, diz Gleisi Hoffmann sobre seus bens

O Jurídico da campanha de Gleisi Hoffmann enviou ao blog nota para esclarecer que houve erro no sistema do TRE, o que causou a confusão sobre o baixo valor de seus bens. É o que segue:

“No dia 14.08.2018 (terça-feira) o registro de candidatura da senadora Gleisi Helena Hoffmann foi devidamente cadastrado e transmitido no sistema CANDEX, do Tribunal Superior Eleitoral. No pedido constaram todos os documentos exigidos, inclusive, a declaração de bens da candidata a Deputada Federal. Ocorreu que, no momento de cadastro do valor dos bens, o sistema CANDEX não aceitava a inclusão dos “zeros” necessários, modificando o valor automaticamente.

Ressalta-se que não há qualquer má-fé no caso, visto que os bens da senadora são de conhecimento público desde sua primeira candidatura. O problema foi relatado via telefone à manutenção do próprio sistema, mas não houve qualquer solução prática à situação, fator que ensejou a transmissão dos dados com valor equivocado, frisa-se, alterado automaticamente pelo sistema. Assim que os dados da candidatura foram lançados no sistema, o pedido de retificação foi devidamente encaminhado”.


6 comentários

  1. phillips
    sábado, 18 de agosto de 2018 – 19:17 hs

    SEI…..

  2. Rossby
    sábado, 18 de agosto de 2018 – 20:13 hs

    Mesmo sabendo que sistemas computacionais dão “pau” em determinados momentos, se essa falha for real outros candidatos provavelmente enfrentaram o mesmo “bug” mas só no processo dela afetou esses dados. Vamos ver a resposta do TSE… Tá mais com jeitinho de migué petista do que um bug golpista!

  3. JÁ ERA...
    domingo, 19 de agosto de 2018 – 5:26 hs

    Hahaha… êrro, má fé !? Quem deve decidir é povão burro !!!!!!!!!!!!!!

  4. JÁ ERA...
    segunda-feira, 20 de agosto de 2018 – 7:06 hs

    O TRE não tem culpa alguma na ocultação dos bens da PTzada
    e associados. Nem precisa dizer que os frutos dos roubos sucessi-
    vos estão muito bem guardados lá fora.

  5. Zé da Bota
    segunda-feira, 20 de agosto de 2018 – 10:58 hs

    Ah…então o “pobrema” era o Zero da Gleisi….entendi…

  6. antonio carlos
    segunda-feira, 20 de agosto de 2018 – 18:27 hs

    KKK conta outra dona Crazy, agora a culpa é do sistema do TRE? Será?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*