Quem não quer privatizar a EBC? | Fábio Campana

Quem não quer privatizar a EBC?

A Empresa Brasil de Comunicação, aquela que produz A Voz do Brasil e outros, e tem cinegrafistas que recebem R$ 25 mil; secretária tem remuneração igual de juiz, R$ 27,8 mil; funcionária de contabilidade recebe impressionantes R$ 35,8 mil, entrou para a lista de privatização de Temer. O presidente quer deixar o processo preparado para o sucessor.
Mas o comando da empresa não quer isso, e faz uma campanha entre os funcionários (que são por volta 2.300 – e vivem doentes) contra a investida. Folhetos distribuídos para o público interno dizem que os conteúdos produzidos “fazem a diferença na vida dos cidadãos brasileiros”.


3 comentários

  1. Rogério
    sexta-feira, 3 de agosto de 2018 – 15:32 hs

    Pois pois, ninguém quer perder a teta, que por sinal é das grandes, por isso e mais algumas coisas que nosso país não sai do chão.

  2. sexta-feira, 3 de agosto de 2018 – 19:40 hs

    Realmente “os conteúdos fazem a diferença na vida dos cidadãos brasileiros” : os deixam mais pobres pois pagam impostos para sustentar os parasitas

  3. Gustavo Reis
    sexta-feira, 3 de agosto de 2018 – 20:11 hs

    Segundo a matéria vivem doentes e com licença médica. Também pudera, só dá cachaceiros e drogados.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*