O caixa dois de Serra | Fábio Campana

O caixa dois de Serra

O governo da Suíça encaminhou para o Brasil uma papelada que complica a vida de José Serra. Os documentos reforçam a ideia de caixa dois na campanha ao governo de São Paulo em 2006.
Raquel Dodge gostou, porque o caso está no STF e ela insiste para que ele vá para Justiça Federal de São Paulo, sustentando que os fatos não se referem ao mandato de senador.
Os novos documentos fortalecem a tese de Dodge, abrindo espaço para continuidade das investigações.

(Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)


2 comentários

  1. SERGIO SILVESTRE
    quinta-feira, 16 de agosto de 2018 – 18:02 hs

    Esse é o maior ladrão do Brasil depois é seguido por uns 30 tucanos.

  2. Parreiras Rodrigues
    sexta-feira, 17 de agosto de 2018 – 11:01 hs

    Muque. Provada a culpa, cana.

    Sérgio Silvestre se engana quanto à preferência por bandidos. Ele que fique com os dele, com as ordenanças de Lula ao qual se referem até como um Mandela, quando se sabe que o líder do apartheid nunca foi flagrado bêbado, nem suspeito de transar aqui, ali e acolá, sob os beneplácitos de uma cornuda mansa que trocava o silêncio pelas mordomias que o status de farstileidi lhe dava.

    Falar em corneamento, por onde anda Rose Noronha?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*